Como definir barriga mais rápido na academia

Uma barriga de tanquinho, como dizem por aí… quem não quer? A primeira regra é ter foco e persistência, sem ela não haverá resultado. A segunda regra é esquecer os exercícios feitos de qualquer maneira e aquela dieta maluca que você fazia até ontem.

Pessoas que possuem o hábito de fazer exercícios errados e de manter uma alimentação inadequada, perdem todo o seu tempo e não ganham nenhum resultado. Posto isto, é importante pensar também na saúde e não somente na estética.

Hoje, é normal encontrar homens e mulheres a procura da barriga perfeita. O objetivo principal é ter uma barriga definida com curvas e músculos. Sendo assim, a seguir, falaremos como definir a barriga mais rápido na academia, porém, com saúde.

Para definir a barriga é essencial focar na região do abdômen que possui três partes importantes, que são:

Mulher magra

• Reto do abdômen
• Abdômen oblíquo
• Infra

Estamos falando nessas três partes do abdômen, porque ao praticar exercícios físicos nessa parte do corpo, as três estão sendo trabalhadas. Com isso, entenda que boa parte da gordura do nosso corpo está localizada no abdômen.

Em um mês é possível perder a maioria da gordura localizada, mas para isso é preciso seguir as instruções a seguir:

O agachamento ajuda a fortalecer a lombar quando efetuado de maneira correta.

• Pratique exercícios físicos, principalmente que estejam ligados ao abdômen. Faça agachamento, rosca para bíceps, tríceps e outros parecidos.

• Aumente os gastos calóricos nos exercícios. Tenha em mente que quanto mais você fizer agachamento, correr ou pedalar, vai estar perdendo mais a gordura do corpo.

• Faça exercícios mais carregados, para atingir o abdômen desejado. Por exemplo, te dará mais agilidade na perda de gordura fazer trinta minutos de esteira na academia do que correr no calçadão por uma hora.

• Faça uma dieta adequada que te fará perder peso com saúde. Neste caso, procure um nutricionista, ele passará uma dieta apropriada. Geralmente, as academias dão indicações de excelentes nutricionistas, busque orientações na sua academia.

• Faça esses exercícios de duas a três vezes por semana, sendo de três a quatro séries de dez a doze repetições. Logo, não deixe de frequentar a academia, nenhuma desculpa é válida, tenha determinação e não desanime. No entanto, não deixe de dar um certo descanso ao abdômen, pois do contrário, poderá causar uma séria lesão.

Importante:

Para ter um abdômen definido você precisará respeitar alguns pontos como boa alimentação e prática correta de exercícios físicos

• Em um mês seguindo todas as instruções acima e não faltando a academia, você perceberá a diferença do seu abdômen. Pode não parecer, mas fazer exercícios que envolvem o abdômen e outras partes do corpo, junto a uma dieta adequada e saudável, trará a você resultados nunca imaginados.

• Você não ganhará resultados diante os exercícios físicos se não reduzir a porcentagem de gordura, por isso manter uma dieta adequada é essencial.

• Procure comer alimentos saudáveis e evite de todas as formas alimentos processados.

• Faça sempre exercícios aeróbicos, pois exercício cardio é fundamental para queimar gorduras do corpo todo, por exemplo, exercícios cardio com intervalo de trinta a quarenta minutos por dia, queimará a gordura e te fará perder peso em pouco tempo.

• Criar músculos abdominais é essencial para um abdômen perfeito, principalmente depois de perder toda a gordura do corpo, pois os músculos estarão visíveis e a musculação irá defini-los de uma vez.

• Entre tantos exercícios para o abdômen, basta procurar um que funcione melhor para o seu corpo.

Dieta que limpa o organismo

O organismo humano possui uma composição bastante diversificada, e em meio a eles existem bactérias que podem se proliferar e provocar doenças terríveis caso alimentadas pelo resto de comida arquivada no intestino. E para que elas não existam ali é necessário que se limpe o mesmo, e para isso é preciso que se tenha uma alimentação e modo de vida adequados.

Aprenda abaixo uma dieta para limpar o organismo.

Dieta para desintoxicação

A dieta serve para  ajudar o corpo a eliminar as toxinas acumuladas por causa do consumo de alimentos inapropriados durante o dia-a-dia. A duração dela dependerá do estilo de cada organismo, logo o seu tempo poderá ser diferente para cada pessoa. Além disso pode ser que ela não seja de total valia para todos, por isso é recomendado o auxilio de um médico no momento de monta-lá.

Cardápio

Cuidado com o que come.
Se alimente com o melhor e de maneira adequada.
(Foto Reprodução)

Café da manhã

01 Fatia de melão ou melancia

02 Fatias de pão integral 14 grãos, acompanhada de margarina de gengibre (cuidado com excesso).

Lanche de manhã ou tarde e ceia

200 gramas de gelatina dietética

Frutas de preferência seca ou que auxiliam na melhora do intestino, como por exemplo: a ameixa ou mamão.

Almoço e Janta

01 concha de sopa desintoxicante: escolha três tipos de e dois tipos de folha, coloque para cozinhar com pouca água e depois bata tudo no liquidificador. E atenção, ela sempre deve ter um representante de carboidrato e outro de proteína e não deve passar de 300 ml.

Salada de legumes crus ou cozidos (cuidado com o excesso e uso dos temperos).

Dicas

✦ Passe longe dos alimentos prontos e que possuam conservantes. 

✦ Prefira sempre fazer o preparo dos alimentos no vapor, cozido ou grelhados. 

✦ Tome aproximadamente de 02 a 03 litros de água por dia. Prefira a sem gás, pois ela vai ajudar a equilibrar o PH do corpo, fazendo assim, com que ele elimine as toxinas. 

✦ Tome chá verde, mas não passe do consumo de 1 litro por dia. Eles ajudam a limpar o organismo e a reduzir a concentração de gorduras no sangue. 

✦ Invista nas frutas e legumes que sejam ricos em água. E em alimentos que sejam anti-inflamatórios, como por exemplo, as fibras (quinoa, linhaça e outros).  

Efeitos das dietas da moda

A palavra dieta vem sendo mais falada do que o normal nos últimos anos, e isso esta acontecendo devido milhares de pessoas colocarem na cabeça um esteriótipo de corpo, ou seja, curvas bem torneadas e nada de gordurinha. Mas isso é de suma preocupação, pois algumas delas além de não serem adequadas para o organismo, podem fazer muito mal ao invés de bem.

Uma boa dieta é aquela em que realmente se tem o acompanhamento nutricional, onde se consegue ver as carências de vitaminas e do de mais nutrientes que o corpo precisa, e que com o passar dos dias vai realmente fazer efeito sem prejudicar a saúde. Enfim, por isso que sempre recomendamos que antes de mais nada, procure auxílio médico.

Todavia, vejamos os efeitos causados por algumas das dietas que são apropriadas, mas que podem trazer consigo um certo perigo.

 Dietas da Moda

✦ Ração Humana: ela é composta de ingredientes ricos em fibras e ajuda a resolver a questão do intestino preso e também deixa a pele mais bonita. Mas para que ela funcione de modo correto, deve-se tomar bastante líquido, pois se não ambos podem sofrer.

E atenção, pois há anos ela vem sendo utilizada para engordar as crianças que precisam de mais nutrientes. Portanto, cuidado com o seu excesso, e além disso nunca a substitua por uma alimentação, pois ela é apenas um complemento. E mais, para aqueles que desejam  realmente perder peso com ela ou ainda são diabéticos, recomenda-se que utilize a versão sem açúcar, os hipertensos, por um mix sem o guaraná, e os doentes celíacos, por um que não contenha glúten.

Consulte um médico.
Não faça quaisquer dieta.
(Foto Reprodução)

✦ Atkins: ela  tem como objetivo a retirada do carboidrato da alimentação por um período “X”, fazendo assim com que o apetite seja menor, porém ela não faz tanto bem a saúde como muitos imaginam. Quando realizada por muito tempo, pode acontecer uma perda de cálcio e logo o enfraquecimento dos ossos e doenças respectivas ao meio.

E além disso, ela desequilibra o pH da pele e aumenta a suscetibilidade aos danos solares, o que por sua vez pode acaba causando o aumento das glândulas sebáceas, gerando assim as tão temidas espinhas. Então, o indicado é que se faça quase que ao contrário dessa dieta, ou que os estudiosos costumam chamar de South Beach. 

Ele faz restrições ao açúcar e o amido, e faz a provação somente dos carboidratos verdes, tais como os grãos  integrais, por exemplo. Mas mesmo assim deve-se tomar bastante cuidado com ela, pois pode acontecer uma desidratação devido o boicote do açúcar, então, se optar por ela, tome bastante água, e acrescente na alimentação os peixes , pois podem ajudar a melhorar a textura da pele, combater o envelhecimento precoce e a dermatite seborreica.

✦ Mediterrânea: ela sim é uma dieta apropriada de se fazer. Sua base consiste em  peixes frescos, frutas e vegetais, gorduras saudáveis e carnes brancas. Ambos ajudam na hidratação, melhora o intestino e age como antioxidante. E o melhor de tudo, ela pode estar sendo complementada com uma taça de vinho tinto, que ajuda a manter a firmeza da pele.

✦ Vegan: o seu objetivo é fazer com que se risque do menu a proteína animal e só ingira frutas, vegetais, grãos integrais, castanhas e feijão. Porém ao realizar isso pode acontecer uma falta de ferro que por sua vez é fornecido pela carne, o que pode acabar levando a perda de elasticidade. Então para que ela realmente funcione é preciso acrescentar alimentos que sejam ricos em colágeno, e supra todos os de mais nutrientes precisos  pelo organismo.

Shakes ajudam a emagrecer mais rápido?

Todos os dias alguém inventa um novo tipo de dieta com intuito de fazer, com que as pessoas emagreçam, mas será que é somente isso que acontece. No caso da dieta dos Shakes- sim, porém perde-se também líquido, músculos e outros, o que pode acabar levando ao reganho do peso já perdido, o que por sua vez, não é o que ninguém deseja.

Contudo, pode-se dizer que a dieta funciona, mas para que o corpo não deixe de receber nenhum tipo de nutriente que necessita é preciso que ela tenha um acompanhamento nutricional. Lembre-se de que nada deve ser iniciado sem antes consultar o médico e de verificar se o organismo esta realmente pronto para tais mudanças, portanto, antes de mais nada procure auxílio e veja o que pode estar sendo feito.

Caso o especialista da área da saúde tenha dado um “OK”, para que possa realizar a dieta do mesmo, aproveite a dieta que descrevemos abaixo e tenha uma vida saudável.

Dieta do Shake

Atenção, somente uma alimentação é que pode estar sendo trocada pelo shake, pois eles não possuem totais ingredientes para suprir a carência dos nutrientes que o organismo necessita. Então, não se arrisque fazendo isso por mais de uma vez.

Cuidado com o excesso de frutas, pois elas também são calóricas.
Créditos da Imagem: http://www.imulher.com/881/dieta-do-shake
(Foto Divulgação)

✦ Café da manhã

01 banana

150 ml de iogurte desnatado

02 colheres de sopa de linhaça

✦ Lanche

Um punhado de frutas secas (uva passas, castanha, amêndoas, damasco e outros).

✦ Almoço

Salada a vontade (temperada somente com limão).

150 gramas Peixe ou frango sem pele, a vapor ou grelhado (temperado somente com sal).

02 colheres de arroz integral

Legumes no vapor a vontade

✦ Lanche

Shake de abacate

200 ml de leite de soja light

01 colher de sopa de abacate

02 castanhas-do-pará

✦ Janta

Sopa de legumes ou o mesmo do almoço, porém sem o arroz. 

✦ Ceia

200 ml de leite desnatado

01 maça sem casca

Dicas Variadas

△ Esteja sempre repondo o líquido perdido, tome cerca de 3 litros ou mais de água por dia.

△ Faça ao menos 30 minutos de aeróbico em três dias da semana, ou então alguma atividade física mais intensa. Lembre-se de que somente a alimentação não vai trazer efeito para o que deseja.

△ Tenha sempre uma boa noite de sono. O corpo precisa se recompor para que possa ter energias o suficiente para o dia seguinte.

△ Evite alimentos gordurosos, que tenham muito sal, doce ou ainda sejam cheios de conservantes. Eles são uma verdadeira bomba de gordura e ainda podem trazer consigo diversas doenças.

△ Vá ao médico ao menos de seis em seis meses, para fazer um checape e verificar como anda os seus ganhos.

Como acabar com os “pneuzinhos”?

Nos dias de hoje ninguém mais quer ter aquele pneuzinho indesejado, aquele culote que fica arquivado no quadril, aquela capa de gordura logo abaixo da cintura. Pois é, os tempos mudaram, todos querem ter um corpo bonito, torneado e acima de tudo saudável. Mas para conseguir isso não é assim tão fácil, e preciso muita dedicação e disciplina.

Primeiro passo para tudo é ir ao médico, verificar o índice de massa corpórea e ver qual é a alimentação e exercícios mais indicados para perda dos mesmos. Feito isso, deve-e iniciar todo o planejamento, comprar os alimentos adequados e seguir a dieta e procurar um profissional na área da educação física e iniciar os exercícios.

Cuidado com sua alimentação.
Créditos da Imagem: http://www.guiadanutricao.com/2011/08/gordura-abdominal-as-doencas-que.html
(Foto Divulgação)

△ Dicas de exercícios: As atividades pedidas para acabar com o pneuzinho indesejado vão ser bem simples, pois eles são gorduras, então nada do que um aeróbico bem concentrado não resolva. Mas atenção, não inicie nenhum exercício em modo avançado, comece pela linha de principiante e vá avançando devagar, até que ganhe uma estabilidade maior e consiga fazer de modo que seja mais eficiente.

E enfim, e preciso passar por uma preparação antes de iniciar o planejamento para que tudo dê certo. No mais, vejamos abaixo uma dica de dieta, onde se pode trocar uma refeição do dia, por um shake maravilhoso, que lhe dará os mesmo nutrientes que precisa para deixar o seu corpo como deseja.

Dieta do Shake

✦ Café da manhã

Shake de banana:

200 ml de leite de soja light

1 banana pequena

½ colher de sopa de aveia em flocos

1 colher de sobremesa de linhaça

✦ Lanche

01 taça de salada de frutas ou,

01 copo de suco de soja (sabor de sua preferência)

02  fatias de pão integral (sem casca)

01 fatia de peito de peru light

✦ Almoço

Salada verde a vontade (temperada somente com limão)

02 colheres de (sopa) de arroz integral

½ concha média de feijão preto ou carioca (temperado somente com sal e alho)

01 sobrecoxa de frango sem pele, assada e temperada somente com sal.

Fruta (kiwi ou goiaba)

✦ Lanche 

Um punhado de frutas secas (damasco, uva passas, castanha e outros).

✦ Jantar

Sopa de legumes e quinua.

✖ Observação: Para pré e pós- treino, peça auxílio há um nutricionista, pois nesses casos a alimentação deve estar de acordo com a energia precisada.

Benefícios da gelatina para quem está perdendo peso rápido

A gelatina é uma saborosa sobremesa que bem invadindo os pratos de quem esta fazendo dieta. E isso esta acontecendo pelo fato dela ser pobre em calorias, rica em aminoácidos (sua composição possui cerca dos 9 entre 10 aminoácidos que o organismo precisa), e ter alta concentração de colágeno (que é a principal proteína na construção dos ossos e tecidos), ou seja, praticamente perfeita para quem deseja perder peso de forma saudável.

Mas não é somente por isso, mas sim pelos seus diversos benefícios que são os seguintes:

✦ Favorece o enrijecimento do corpo.

✦ Contribui para a formação de massa magra e diminuição da gorda.

✦ Deixa a pele mais firme e com mais elasticidade, devido ao colágeno.

✦ Fortalece as unhas e deixa os cabelos mais fortes.

✦ Favorece na renovação celular.

✦ E ainda promove uma sensação de saciedade, o que acaba deixando a pessoa que a digeri satisfeita por mais tempo do que de mais alimentos, que ela possa vir comer. 

Cuidado com seu excesso.
Rica em benefícios para quem procura pela perda de peso.
(Foto Reprodução)?

Mas atenção, pois do mesmo modo que ela traz benefícios, ela pode fazer mau, portanto não se deve trocar ela por quaisquer outro tipo de alimento caso não tenha sido prescrito por ordem médica. Ela ajuda a emagrecer, mas se for consumida de modo exagerado ou errado, pode prejudicar a saúde ao invés de ajudar.

Lembre-se sempre de que uma dieta à base de gelatina deve contemplar um cardápio de baixas calorias, para que se possa perder gradativamente e saudavelmente o peso, e não de uma vez e de forma errada. Contudo, vejamos abaixo um exemplo de dieta que leva gelatina.

Dieta com Gelatina

Café da Manhã

  • 01 copo de suco de gelatina – em jejum. Ou seja, tome meia hora antes de iniciar a refeição normal.
  • 01 xícara de chá ou café com adoçante (cuidado com a escolha e quantidade de gotas).
  • 02 fatias de pão integral light + 1 fatia de peito de peru.
  • 01 fruta da estação sem nenhum tipo de conservante, ou seja, natural.

Lanche da Manhã

  • 01 copo de suco de gelatina.

Almoço

  • 02 colheres de arroz integral.
  • 01 porção (pedaço) de carne de frango ou peixe (100gr), grelhados ou feitos a vapor.
  • 03 colheres de legumes no vapor.
  • Salada verde crua a vontade, podendo ser temperados somente com limão.
  • Sobremesa – uma taça de gelatina.

Lanche da Tarde

  • 01 copo de suco de gelatina.

Jantar

  • 01 prato de sopa de legumes ou de salada de folhas verdes + sobremesa uma taça de gelatina.

Ceia

  • 01 xícara de chá verde com hortelã + 1 torrada.

Evite esses Carboidratos Para Emagrecer em 8 dias

 

É comum vermos pessoas que desejam emagrecer cortando de vez alimentos ricos em carboidratos de suas dietas, como cereais, massas, arroz, pão, entre outros, tudo isso porque acreditam que eles provocam um ganho de peso maior que os outros alimentos.

Sim, é verdade, os carboidratos são capazes de fazer uma pessoa engordar, porém somente quando é consumido de forma não moderada. O excesso de um alimento tão rico em carboidratos te fará engordar caso o consumo não seja condizente com o padrão do seu gasto energético diário.

Mesmo que os carboidratos em excesso engordem, eles são fundamentais para qualquer dieta, tendo em vista que são a principal fonte de energia que o organismo humano utiliza durante o dia. Assim, uma dieta que é pobre em carboidratos tende a gerar sensações de fadiga e cansaço físico e psíquico.

ali

Confira a seguir a lista dos alimentos que são creditados com o maior teor de carboidratos e provocam grande aumento de peso conforme a cultura popular:

Arroz

É difícil dar uma resposta concisa a respeito do arroz engordar ou não, uma vez que ele colabora sim para o ganho de peso, no entanto esse fator vai depender rigorosamente da quantidade que será consumida diariamente.

Tal impacto também tem influência diretamente no conteúdo fibroso do arroz. Por exemplo, o arroz integral se trata de um tipo de grão que é industrializado, mas não perde a sua fibra natural, diferente do arroz branco que passa por processo onde o farelo e o gérmem são retirados, tornando este um tipo de grão incompleto.

Batata

Assim como o arroz e qualquer outro tipo de alimento, a batata só vai ter fazer engordar se for consumida em excesso. Essa é uma verdade constante para qualquer tipo de comida, sejam cupcakes, pizzas, feijão, carne e assim por diante.

Quando ingerida em abundância é bem provável que o batata provoque um aumento no peso, no entanto ela não contém carboidratos ruins, não é imanentemente uma substância engordativa e não é um vegetal a ser retirado da dieta das pessoas, uma  vez que é um grande fonte de potássio.

Macarrão

O macarrão tem em sua consistência quatro tipos diferentes de carboidratos em apenas um grama, mesmo seu cozimento sendo preparado na água, o qual é a forma mais saudável, ele é um agente que pode provocar ganho de peso e em muitos casos até mesmo obesidade.

Deixando de lado o molho, três pegadores de macarrão contém cerca de 600 calorias, isso dá uma porção rasa em um prato. Quando adicionamos o molho que pode conter óleo, manteiga, queijos e outros acompanhamentos, o prato ultrapassa a casa das 1.200 calorias.

Polenta

A polenta é feita de fubá, uma farinha fina que pode ser constituída de milho, arroz, mandioca, entre outros. Este é um alimento que independente da quantidade, provavelmente provocará um ganho no peso, pois além de ser uma grande fonte de carboidratos, que posteriormente serão transformados em açucar, seu teor calórico também é bem alto.

Farofa

Como a farofa costuma ser preparada com manteiga e miúdos, o teor de gordura deste prato é elevado, sem contar que a farinha que é oriunda da mandioca ou do milho, que  também são uma grande fonte de carboidratos.

A quantidade de calorias e carboidratos de uma colher de farinha corresponde ao dobro de uma de arroz, isso sem incluir outros elementos que costumam a acompanhar, como o bacon, linguiça e ovos que dão um sabor especial ao prato.

> O segredo fica portanto em comer os carboidratos em uma quantidade adequada e em combinação com diversos outros grupos de alimentos, quanto mais colorido um prato estiver, mais nutrientes você estará consumindo e a sua alimentação estará mais saudável.

Corpo estilo panicat, tenha o seu!

Ter um corpo bonito deixou de ser apenas uma vaidade e se tornou, principalmente, uma forma eficaz de manter-se saudável. Pessoas que malham e possuem uma alimentação regrada desenvolvem melhor suas respectivas musculaturas e tornam real o sonho de ter um corpo belo e sadio.

A verdade é que essa conquista não se dá do dia para a noite, muito pelo contrário. O trabalho ao todo exige um período prolongado de esforço e dedicação, principalmente quando tratamos de alimentação. Somente essa estimulação será capaz de lhe trazer o corpo perfeito.

Um ponto interessante é, antes de mais nada, saber qual é o seu objetivo. Lembrando que a formação corporal de cada mulher é diferente, algumas possuem mais quadril e menos circunferência na região dos seios, enquanto outras, preferencialmente, são mais “larguinhas” em cima e “fininhas” em baixo.

Tudo isso quer dizer que, o seu corpo é SÓ SEU e a forma como ele ficará será diferente daquela atriz que você tanto gosta da novela das oito, na verdade, ele poderá ficar até melhor. Portanto, primeiro passo é não ter um “espelho famoso” e sim uma meta estipulada de forma racional.

Apesar dos esforços, vale a pena lutar por um corpo bonito.
Corpo de panicat.
(Foto: Reprodução)

Mantenha idealizado em sua cabeça as medidas nas quais gostaria de chegar e principalmente um peso a alcançar, seja ele para o aumento ou diminuição de quilos de acordo com a sua altura. Desenvolveremos abaixo uma série de tópicos que precisam ser respeitados de forma perfeita para que isso seja possível.

Lembrando que cada ponto é um passo adiante para o sonho de ter um corpo ideal. Mantenha-se sempre motivada e interessada, estudando cada vez mais sobre o assunto e requerendo de si mesma um potencial diferente.

Esteja sempre superando suas expectativas e revendo seus conceitos quando o assunto for musculação, alimentação e regras estabelecidas pelo seu próprio corpo. Não importa o que fez a sua vizinha, o seu corpo é diferente e a forma como você o transformará deve ser igualmente diferente.

Não é nem de longe viável que se espelhe em alguém, pois as formas como essas mesmas pessoas alcançarão seus objetivos podem ter sido distintas, tendo elas necessidades diferentes das suas.

A primeira dica valiosa é:

Coloque em sua cabeça de uma vez por todas – VOCÊ É ÚNICA!

Entendendo essa parte perfeitamente, vamos ao que interessa! Se você perguntar uma mulher considerada “panicat” quais são os seus segredos de beleza, certamente a resposta será automática: Dieta + Musculação + Descanso.

O fato é que a “coisa toda” não anda bem SÓ por esse lado, existem outros pontinhos que esmiuçaremos nesse artigo. Continue acompanhando e modifique seu corpo de uma vez por todas. Uma mulher de bem com seu próprio corpo é muito mais feliz e traz brilho a qualquer ambiente que passa.

1° – Libera geral na proteína

Proteína é vida, garota! Não tem pra onde correr, basear sua alimentação nessa belezura é o que há. Não adianta tentar dietas “mirabolantes”, nenhuma delas pode ser mais eficaz do que comer proteína corretamente na hora certa.

A proteína é um elemento de extrema necessidade para os praticantes de atividade física, ela é responsável por dar ao seu corpo a capacidade de fazer com que seja produzida maior quantidade de massa magra.

Essa massa magra é o resultado de uma alimentação proteica que trará a você o tão sonhado e desejado corpo. Mas isso não vem do dia pra noite, é preciso bastante atenção em todas as suas refeições diárias, desde o café da manhã até a ceia.

Em quais horários devo fazer maior ingestão?

Em todos, sem exceção. Ela entrará em ação, assim que o seu corpo iniciar o processo de organização dos elementos consumidos durante aquele dia, seu treino ajudará no processo diretamente e em algum tempo (de acordo com o seu organismo) os primeiros músculos começarão a ser aparentes.

Para as magrinhas

Se você deseja ganhar massa magra, pois já é perfeitamente livre de acúmulo de bolsas de gordura, o ideal é começar a comer mais e melhor. Nesse caso, o carboidrato é mais viável, ele deve ser inserido em suas refeições juntamente com as proteínas.

Para as gordinhas

Se perder é o seu objetivo, então abaixa o carboidrato e aumenta a proteína. Esse processo fará com que suas bolsas de gorduras sejam eliminadas pouco a pouco, é bom lembrar que nesse caso o mais importante é manter-se firme nas atividades aeróbicas.

Alimentos ricos em carboidrato de baixo índice glicêmico devem ser combinados com porções de proteínas.
Alimentação fit.
(Foto: Reprodução)

Elas serão de extrema importância, pois certamente farão a eliminação desse acúmulo de gordura para então começar o seu processo de ganho de massa magra, tornando assim seu corpo perfeito para o recebimento desse novos estímulos.

O que é proteína?

É muito difícil encontrar alguém que não esteja por dentro dos alimentos ricos em proteínas, eles são altamente famosos e estão em todas as revistas de dieta e saúde. Contudo, esmiuçaremos abaixo de forma científica para que seja possível entender o processo desse elemento no seu corpo.

O que chamamos de proteína é, nada mais nada menos que, uma macrocélula. Em sua composição estrutural encontraremos as chamadas cadeias polipeptídicas, todas essas são formadas especialmente por aminoácidos – sendo esses responsáveis pelo desenvolver do que chamamos de massa magra.

Proteína animal

Esses são os tipos de proteínas retiradas a partir de animais:

  • Carne de frango;
  • Carne bovina;
  • Carne suína;
  • Derivados de carnes vermelhas e brancas;
  • Ovos;
  • Leite;
  • Queijos;
  • Iogurte;
  • Peixes.

Proteína vegetal

Como o próprio nome se dá, as proteínas vegetais são chamadas dessa forma por possuírem origem vegetal, sendo essas:

  • Feijão;
  • Vagem;
  • Soja;
  • Quinoa;
  • Ervilha;
  • Lentilhas.

Uma dieta equilibrada e recomendada é aquela que apresenta todos esses alimentos inclusos nos cardápios diários, além desses, existem vários outros que são capazes de compôr a sua alimentação sem necessariamente serem munidos de carboidrato.

Observação: Uma dieta rica em proteína é voltada principalmente para o aumento de massa magra ou definição muscular, não deve ser feita sem a ajuda de um profissional totalmente especializado na área de nutrição. A falta inadequada de carboidrato no corpo pode resultar em graves e sérios quadros de anemia e desnutrição.

2° – Diminui esse carboidrato

Em contrapartida a tudo que fora especificado no tópico anterior, diminuir o carbo também é recomendado, principalmente no caso de pessoas que PRECISAM ou estejam objetivamente pensando no emagrecimento.

Quando existe a diminuição desse elemento, o seu corpo é capaz de fazer com que haja o que chamamos de processo cetogênico, esse é responsável pela queima de gordura localizada. É preciso entender como esse processo funciona.

Inicialmente, é interessante saber que você se movimenta ou possui energia preferencialmente por causa do carboidrato, sem ele, é possível que haja quadros de desidratação profunda e principalmente de anemia, já que estará mais fraco.

Portanto, a retirada desse elemento deve ser feita sob ajuda médica e responsabilidade supervisional de um profissional qualificado para lhe dar a devida orientação.

Classificação dos carboidratos:

Carboidrato denso – Detentores de grandes taxas de glicose, resultando sua ingestão na maior quantia de acúmulo de gordura. Presente principalmente em alimentos como pães, arroz, massas (não integrais), lanches de fast foods, pizzas, biscoitos recheados, bolos, salgados fritos ou assados, refrigerantes e bebidas alcoólicas.

Carboidrato complexo – Encontrado principalmente em alimentos de médio índice glicêmico, presente principalmente em verduras, biscoitos fit, frutas e alguns alimentos industrializados. Olhe sempre o rótulo para moderar a quantidade de carbo complexo a ser ingerido, pois ainda que seja de mediano IG, pode resultar no acúmulo de gordura corporal.

Carboidrato leve – Os carboidratos leves estão presentes principalmente nos alimentos integrais, eles se comportam nos grãos, arroz, pães, biscoitos e massas integrais. Devem ser utilizados como repositores dos carboidratos densos que dantes eram ingeridos diariamente em suas refeições diárias.

Um cardápio bem elaborado com quantias específicas de calorias recomendadas diariamente (de acordo com seu peso e estrutura) e bons hábitos, como dormir bem e manter-se relaxado são pontos que com certeza te levarão ao maravilhoso caminho da “saúde em dia” e do tão sonhado e almejado “corpo de panicat”.

Não se esqueça de procurar alguém bem mais orientado que você para montar esse cardápio, lembrando que pontos como peso / altura / taxa metabólica / gasto calórico / gasto energético devem ser levados em consideração como parte fundamental.

Conheça primeiramente o seu corpo, depois estimule maneiras de se alimentar que possam ser condizentes com sua necessidade de forma geral.

3° – Um treino de rainha!

Ninguém, absolutamente, ninguém é capaz de ter um corpo maravilhoso sem treinar. Não importa se a sua genética é boa, se a sua alimentação está em dia ou se você encontrou outros métodos, o treino não é só parte importante nesse processo, ele é essencial!

Os treinos são poderosos ativos, eles serão responsáveis por suas curvas.
Treinar.
(Foto: Reprodução)

Isso significa que se o seu treino não corresponder a sua necessidade, então esqueça de uma vez por todas essa “história de panicat”, cada partezinha de sua estrutura deve ser trabalhada de forma séria e coerente, só assim será possível chegar a seu objetivo.

Depois que toda sua alimentação está estruturada e seu corpo está recebendo os estímulos certos através das refeições, a hora de começar a malhar pesado é agora! Um treino “meia-boca” não resolverá o seu problema, pelo contrário, te irritará já que os resultados não serão aparentes.

O primeiro passo é marcar uma avaliação física e entender quais são suas necessidades: perder gordura? Ganhar massa magra? Definir a musculatura? Seja lá qual for, faça direito! Depois que checar algumas informações importantes como:

  • Altura;
  • Peso;
  • Gasto calórico;
  • Gasto energético;
  • Quantidade de gordura extra;
  • Quantidade de gordura necessária;
  • Medidas.

Já sabe tudo isso? Perfeito, é hora de partir para o abraço. Fique atenta enquanto seu instrutor na academia ou personal trainer modela seu treino, faça perguntas, peça orientação, entenda o que precisa ser feito.

A respeito da pausa

Você sabia que pausar erradamente suas séries pode fazer com que ganhe mais peso ou o perca? Pois é, esse ponto é fundamental. Uma pessoa que pausa por cerca de 120 segundos entre uma série e outra é capaz de reter massa ou ganhar volume.

Enquanto isso, séries intensas e pausas menores são capazes de fazer com que seu corpo tenha então uma elevação na perda de peso ou de gordura corporal. Nenhuma das duas formas (pausando menos ou mais) é capaz de aumentar seu nível de gordura corporal, mas é bom entender quando realmente é necessário ganhar massa magra.

Se você respeita esse período de acordo com a necessidade do seu corpo, é capaz de impulsionar os resultados para o lado que deseja, sendo assim mais fácil e rápido o processo de definição, ganho de massa ou perda de gordura (de acordo com a sua vontade).

Entenda cada ponto específico desse processo e isso será mais que suficiente para que não dê voltas e nem fique parado por muito tempo, se o seu caminho está iluminado, certamente será mais fácil enxergar suas necessidades e objetivos de forma perfeita.

4° – Gata, descanse!

Descansar, ta aí uma coisa que pouca gente faz quando se está desesperado para ver os primeiros resultados. Se você acha que malhar três horas na academia resultará em um sucesso maior daqui três meses, está redondamente enganado.

Nenhum estudo até hoje comprovou a verdade eficácia de passar tempo demais na academia. Seu treino tem que durar entre 40 minutos e uma hora, nada mais que isso. Todo o treino que ultrapassa esse período pode estar errado, procure se orientar.

O descanso é totalmente essencial.
Descansar.
(Foto: Reprodução)

Lembrando mais uma vez das necessidades de cada tipo de corpo, há pessoas que precisam de um descanso variado entre 24 e 32 horas, enquanto outras não precisam de mais que 24. O tempo mediano é de 24 horas entre um treino e outro.

Corrija sempre a sua postura, uma postura errada é responsável pela maior exaustão, quanto mais cansada estiver no fim de seu treino, mais difícil será levantar novamente no dia seguinte para sofrer “a tortura” nesse “segundo round”.

Seja mais inteligente que isso, procure fazer corretamente ainda que “não esteja sentindo os efeitos na hora”, erroneamente muitas meninas acreditam que sentir dor depois do treino é sinal de que algo está realmente funcionando, nem sempre a coisa anda por esse lado, fiquem atentas.

Pausa x Descanso

Pausas e descansos são coisas completamente diferentes, sendo ambas de extrema importância nessa trajetória de definição muscular e alcance de um corpo estilo panicat. Cada um age de forma diferente, tendo então uma observação diferente.

Se você está inserido em uma academia, pergunte a seu professor a maneira correta de fazer ambos. Assim terá maior propriedade para definir períodos e metas de acordo com o tempo que possui e a necessidade que está sendo apresentada.

Sempre procure por profissionais que tenham comprovação de sua eficácia no mercado de trabalho, principalmente se esse for contratado para uma consultoria pessoal e individual. Esses serviços costumam ser mais caros, portanto, necessitam fazer jus ao seu valor.

O que acontece quando eu não descanso suficientemente? Catabolizo!

Você já ouviu falar do catabolismo? O catabolismo é o inimigo mortal da musculação. Ele não só degrada seu organismo, como também faz um desenvolvimento de quebra das proteínas, resultando então num corpo extremamente fora dos padrões de saúde e boa forma.

Quando uma pessoa entra em processo de catabolização, isso significa que ela está perdendo massa magra. Em miúdos, podemos dizer que ela parou o processo correto de definição acompanhada de nutrição e começou a andar pelo “caminho tortuoso”.

Por que isso acontece? Pela falta de descanso!

Seu corpo entra em exaustão total quando não possui tempo suficiente para se recuperar, como força de defesa ele inicia automaticamente o catabolismo, fazendo com que assim haja uma reação que resultará na reversão dos resultados.

Esse é um estado fisiológico que requer muita atenção, só será possível observar o caminho que está trilhando através das avaliações físicas. Elas poderão orientar você de forma perfeita, já que observará quando ganhar ou perder massa magra e gordura corporal.

Dicas para evitar o catabolismo:

» Durma bem.
» Descanse perfeitamente 24 ou 32 horas, de acordo com seu treino.
» Alimente-se antes de fazer musculação.
» Respeite o limite do seu corpo na hora de decidir quanto puxará de peso, tanto nas pernas, quanto nos braços.
» Faça utilização de suplementos vitamínicos.
» Coma quantias ideais para suas medidas de carboidratos diariamente.
» Procure informações concretas e específicas sobre esse processo.
» Faça avaliações físicas regularmente e as analise com um profissional de sua confiança.
» Tome vitamina C para fortificar o seu sistema imunológico.
» Faça uso de bebidas proteicas.

5° – A velha e boa companheira: Garrafinha de água!

A água é um dos ingredientes indispensáveis na receita para uma dieta bem sucedida. Vários e vários estudos já comprovaram a sua eficiência com relação ao auxílio no funcionamento do organismo humano, recentemente um outro estudo comprovou que ela ajuda também no processo de emagrecimento.

Depois de muita pesquisa, pode-se afirmar que uma pessoa que ingere cerca de 2 copos de água (200 ml cada) antes das refeições, é capaz de gerar um emagrecimento mais acelerado e contínuo do que aquelas que não bebem.

A água é de extrema importância na dieta.
Água.
(Foto: Reprodução)

Além disso, a água tem o poder de “potencializar” os suplementos que você ingere ao longo do dia, lembrando que esses serão responsáveis pelo aumento de massa magra juntamente com a proteína que será consumida fielmente dia após dia.

A melhor maneira de nunca se esquecer dessa ingestão de líquido diária, é levando consigo uma garrafinha na qual poderá ser enchida a qualquer hora, em qualquer lugar. Caso seu limite de preenchimento seja 500 ml, tomando 4 por dia você estará ingerindo a quantidade mínima recomendada (2 litros).

Observação: Apesar de extremamente benéfica ao corpo e ajudar no emagrecimento ou definição muscular, não é orientado que seja ingerida durante as refeições, procure sempre manter-se bem hidratado, mas regrando as dosagens nos períodos corretos.

6° – Se divirta com cuidado!

É fato que tomar uma cervejinha aqui e outra ali é sem dúvidas um “momento relaxar” no fim de semana, contudo, essa distração pode lhe custar uns quilinhos a mais, uma circunferência maior na barriga e uma chateação quando aquela calça MARAVILHOSA não subir.

Evite todo e qualquer tipo de bebida alcoólica, o álcool além de prejudicial ao corpo, também é capaz de fazer com que você ganhe peso. Fique atenta!

7° – Suplementos não machucam ninguém

A suplementação deverá ser ingerida de acordo com o seu objetivo, cada mulher possui uma estrutura corporal diferente, portanto é possível que algumas necessitem de maior ingestão de calorias e carboidratos para o ganho de massa, enquanto outras necessitem da perda de peso.

Dentre todos os suplementos indicados (para a maioria), podemos citar:

  • Whey Iso Tech Athletica
  • Glutamina
  • L.A bloqueador de gordura
  • BCAA
  • Termogênico
  • Whey iso tech
  • ZMA

Os suplementos podem auxiliar e complementar sua alimentação, trazer força e ativar a queima de gordura ruim e desnecessária. É preciso apenas que esse método seja acompanhado por um nutricionista especializado na área.

Os suplementos são auxiliadores na definição muscular.
Suplemento alimentar.
(Foto: Reprodução)

A ingestão de tais suplementos podem trazer disfunções ao organismo, sendo assim necessário que haja a instrução para a melhor absorção e aproveitamento dos mesmos. São vendidos em cápsulas e pó, lembrando que cada um tem ação diferente.

Também é bom salientar que eles não fazem milagre! Se a sua dieta estiver desregrada, eles não funcionarão! Os suplementos só podem ter efeito mediante a força física acompanhada de alimentação regrada e condizente com as necessidades do seu corpo.

Uma boa dica é começar a seguir essas “famosas fitness”, elas postam absolutamente tudo que comem e bebem diariamente, orientando de forma particular as porções de suplementos, isso poderá lhe ajudar, mas não substitui um acompanhamento médico.

8° – Foco, força e fé!

Durante essa fase, nada é mais importante do que a disciplina. A disciplina é quem fará com que os resultados sejam aparentes, isso porque ela o incentivará a continuar percorrendo o caminho, não adianta começar uma dieta sem disciplina.

Antes de iniciar o processo, é muito importante que tire ao menos um dia do mês para pensar sobre sua dieta. Se faça perguntas como:

– É isso mesmo que quero?
– Por que preciso de um corpo como esse?
– Serei mais feliz assim?
– Tenho força de vontade o suficiente para prosseguir até o fim?
– Vou fazer dieta durante toda a minha vida?

É extremamente importante que todas as suas perguntas sejam respondidas com um “sim”. Esse tipo de atitude é uma mudança muito maior no estilo de vida, do que no corpo. Transformar seus hábitos não só lhe darão uma aparência melhor, mas também a saúde que precisa para aguentar mais longos anos.

Não existe idade para mudar seus pensamentos, ainda que esteja em idade avançada, isso não significa que não poderá formatar completamente as suas curvas. Seguindo perfeitamente um método orientado por profissionais e respeitando seus limites sempre, é possível conquistar o corpo que sempre sonhou.

Se possível, contrate também um personal trainer, esse profissional está qualificado para lhe ajudar a trazer o efeito necessário ao seu corpo. Em casos de dúvidas, você só precisará contatá-lo e terá um serviço sempre a disposição.

Veja o resultado (que também pode ser seu) em panicats como:

  • Juju Salimeni
  • Babi Muniz
  • Mulher Samambaia
  • Carol Dias
  • Fernanda Lacerda
  • Aline Mineiro
  • Mari Gonzalez
  • Ana Paula Minerato
  • Regiane Brunnquell
  • Renata Molinaro
  • Thaís Bianca
  • Carol Narizinho
  • Carol Belli
  • Babi Rossi
  • Nicole Bhals
  • Jaqueline Khury
  • Aryane Steinkopf
  • Lizzi Benites
  • Dani Bolina
  • Tânia Oliveira
  • Gabriela Monteiro
  • Sabrina Sato
  • Andressa Zizzari
  • Vanessa Zoth

Inspire-se nesses esculturais corpos e comece já a mudar o seu!

9° – Relaxe!

Relaxar é preciso…

É bom ressaltar que quando dizemos “relaxe” não necessariamente estamos nos referindo ao descanso, mas sim ao hábito de se tranquilizar com seus resultados. A pressão psicológica que muitas meninas fazem consigo mesmas pode ser o fator determinante para o adiamento de bons resultados.

Quando você não consegue ser paciente, seu psicológico se torna abalado e sua ansiedade alcança níveis extraordinários, seu cérebro deixa de comandar com eficiência seu corpo e tudo isso se torna aparente, com a estagnação do mesmo.

Existem algumas medidas simples que podem ajudá-lo a responder melhor, como:

  • Massagens
  • Drenagens linfáticas (e ainda diminuem consideravelmente bolsas de gordura)
  • Reclusão em spas
  • Tratamentos de relaxamento corporal
  • Yoga

Colocar músicas para esse fim e sentar ao ar livre (de dia ou a noite) é extremamente confortante, ajuda a liberar o hormônio da felicidade e traz uma sensação prazerosíssima de tranquilidade, esse é um método perfeito para quem não pode “gastar muito” nesses momentos.

Dicas 

  • Tome uma xícara de chá ou leite antes de dormir;
  • Conte até cinco respirando profundamente e lentamente;
  • Escute músicas que possam relaxar sua mente cerca de duas horas antes de ir pra cama;
  • Alongue-se com mais frequência;
  • Durma sempre em locais limpos e frescos;
  • Tenha mais momentos de lazer (ainda que não saia da dieta).

10° – Comemore o resultado!

Depois de muito lutar pelo corpo que deseja, com certeza é hora de comemorar. Quando chegar nesse período, naturalmente equilibrará sua rotina com todos os pilares citados acima, os resultados serão alcançados com mais facilidade e você com certeza já terá visto.

Nesse período é interessante que ative e aumente sua resistência muscular utilizando maiores doses de suplementos e aderindo maiores fluxos e pesos nas atividades físicas. Tudo isso deverá ser acompanhado de perto por profissionais.

Seguindo cada tópico desse com foco e determinação, é possível que a remodelagem do seu corpo aconteça num prazo de até 12 meses.

Então força na peruca!

Você consegue!

Dieta para quem tem gasto energético acima de 600 kcl

Estar bem com a própria autoestima e saúde é algo fundamental, tanto para as mulheres quanto para os homens porque ambos buscam constantemente estar em forma, tendo um metabolismo mais acelerado, uma imunidade com elevada resistência e um corpo escultural.

Por essas e outras razões os hábitos de vida fitness vem sendo aderidos por milhares de pessoas no Brasil e no mundo, onde os indivíduos adotam novos procedimentos alimentares, rotinas de exercícios físicos regulares, entre outros métodos benéficos que promovem resultados positivos em tempo curto, médio ou longo – de acordo com as características específicas de cada um.

O emagrecimento é uma das buscas mais intensas da sociedade quando é relatado o assunto de hábitos fitness, pois a maioria dos cidadãos atualmente se encontram acima do peso – independente da idade ou gênero -, estando alguns deles com sérios distúrbios no organismo, como a obesidade, hipertensão, colesterol alto e diabetes. Mas também existem casos em que desejam e/ou precisam ganhar massa magra, articulação que também requer esforço.

Gasto calórico x Gasto energético x Dieta

Através desses três tópicos veremos a seguir como funciona o processo de ganho e perda de peso de uma maneira completamente saudável e dentro dos padrões dos traços inerentes de cada pessoa. Preste atenção em todos os detalhes citados e veja como esse processo é muito mais complexo do que muitos abordam e/ou acreditam.

Dieta para quem tem gasto energético acima de 600 kcl
Alimentação saudável.
(Foto: Reprodução)

Gasto calórico

O gasto calórico basal corresponde a quantidade de energia gasta pelo organismo para manter suas funções vitais, sendo a maior porcentagem dela essencial para a nossa sobrevivência. Para saber os valores medianos desse processo, basta seguir as fórmulas abaixo:

» Mulheres: (0,062 * peso (kg) + 2,036) * 239 = gasto calórico diário.
Exemplo: (0,062 * 60 quilos + 2,036) * 239 = cerca de 1.376 calorias.

» Homens: (0,063 * peso (kg) + 2,896) * 239 = gasto calórico diário.
Exemplo: (0,063 * 80 quilos + 2,896) * 239 = cerca de 1.897 calorias.

Os valores dos cálculos (exemplos) acima correspondem a quantidade de gasto calórico diário. Especialistas da área da saúde afirmam que as pessoas que manipularem dietas com níveis abaixo do valor obtido em seu cálculo e/ou aumentarem o seu gasto energético através de exercícios físicos conseguirão emagrecer com sucesso. Já as que aumentarem as calorias e articularem o seu treino de forma específica poderão elevar e definir sua musculatura.

Gasto energético

O gasto energético se trata da adição das atividades e exercícios feitos ao longo do dia, sendo ainda um aspecto extremamente relevante para que os seres humanos desempenhem suas funções vitais e se mantenham nutridos ao longo de todo o dia.

Antes de fazer o cálculo desse processo, fique atento as seguintes taxas de atividade:

» Sedentários: 1.2 pessoas que fazem pouquíssimo ou nenhum exercício.
» Pouco ativo: 1.375 pessoas que se exercitam de forma leve entre 1 a 3 dias por semana.
» Moderadamente ativo: 1.555 pessoas que se exercitam de forma moderada entre 3 a 5 dias por semana.
» Altamente ativo: 1.725 pessoas que se exercitam de forma pesada, entre 5 a 6 dias por semana.
» Extremamente ativo: 1.9 pessoas que se exercitam de forma pesada diariamente, uma ou mais vezes por dia.

Fórmulas

Observação: Os números acima que estão em destaque, deverão ser utilizados nas fórmulas, sendo colocados no local onde encontra-se o TA (Taxa de Atividade):

» Mulheres: MB = TA * {655 + [(9,6 * peso em quilos) + (1,8 * altura em centímetros) – (4,7 * idade em anos)]}
Exemplo: MB = 1.375 * {655 + [9,6 * 60 quilos) + (1,8 * 1,59) – (4,7 * 20 anos)]}
Resultado: MB = 1,332.75 gasto energético diário.

» Homens: MB = TA * {66 + [(13,7 * peso em quilos) + (5 * altura em centímetros) – (6,8 * idade em anos)]}
Exemplo: MB = 1.55 * {66 + [(13,7 * 80) + (5 * 175) – (6,8 * 26)]}
Resultado: MB = 1,768.75 gasto energético diário.

Estudos revelam os seres humanos de pelo menos 38 a 40 Kcal/h/m² de energia para que o organismo em repouso consiga se manter em funcionamento e em bom estado. Para quem pratica exercícios físicos regularmente, esse valor com certeza irá ser maior do que para os não desportistas.

Dieta

A alimentação é considerada como a particularidade que rege 70% dos resultados do nosso corpo, em relação a sua área interna e externa. Por isso, é essencial que os produtos ministrados nas refeições diárias sejam nutritivos, com poucas calorias e saudáveis.

Os alimentos para emagrecer e ganhar massa magra são basicamente os mesmos, a única parte que diferencia esses casos é a quantidade de calorias que poderá ser consumida por cada um deles ao longo do dia. As bebidas também influenciam nesses resultados, por isso, é importante ficar atento.

Depois de definir o gasto calórico basal e o energético, chega o momento de montar a dieta. O portal disponibilizará a seguir uma tabela nutricional para que esse processo possa ser feito individualmente, possibilitando que cada leitor consiga formular seu cardápio de acordo com os seus níveis obtidos e as metas que desejam conquistar nos próximos meses.

Como deve ser a dieta?

As refeições deverão ser elaboradas de maneira fracionada, ou seja, de três em três horas aproximadamente.

Ficar em jejum e pular refeições é extremamente contraindicado, porque pode desestabilizar o organismo, além de diminuir as ações metabólicas.

A alimentação balanceada para ganho e perda de peso deverá estar sempre associada a verduras, frutas, legumes, oleaginosas, fibras, proteínas e carboidratos de baixo índice glicêmico.

Deve ser evitada as refeições preparadas com frituras, gorduras, açúcares, além de sal e temperos completos, refrigerantes, doces, farinhas, massas, amidos e carboidratos com alto índice glicêmico.

É importante que nenhum alimento seja consumido em elevada quantidade.

Quanto mais coloridas as refeições forem, mas nutritivas serão.

No “dia do lixo”, o aconselhável é que o indivíduo escolha algo que goste de comer ou que esteja com desejo e consuma em uma das refeições do dia, de preferência antes das 18 horas da tarde. Nesse caso também não é indicado exagerar, porque o aperitivo é só para “matar a vontade”.

No intervalo das refeições é recomendado que muita água seja ingerida, para hidratar o organismo e evitar a retenção de líquido.

Um bom conselho que também não pode faltar nesse processo é prestar atenção no que está comendo, mastigar muitas vezes e devagar, para sentir o gosto dos ingredientes, triturando-o bem antes de deglutir.

Tabela nutricional

Observação: As bebidas e alimentos disponibilizados a seguir correspondem aos mais consumidos atualmente, mas isso não quer dizer que tenham que ser adicionados a dieta. Preste muita atenção nas descrições após a lista para que os resultados obtidos não sejam contrários!

Frutas

» Abacate: 1 porção (100 g) possui cerca de 177 calorias.
» Abacaxi: 1 fatia (80 g) possui cerca de 50 calorias.
» Banana-da-terra: 1 unidade (100 g) possui cerca de 117 calorias.
» Banana-maçã: 1 unidade (65 g) possui cerca de 72 calorias.
» Banana-nanica: 1 unidade (90 g) possui cerca de 87 calorias.
» Banana-prata: 1 unidade (65 g) possui cerca de 55 calorias.
» Caju: 1 unidade (100 g) possui cerca de 37 calorias.
» Castanha de caju: 1 xícara de chá (150 g) possui cerca de 835 calorias.
» Coco ralado fresco: 1 colher de sopa (20 g) possui cerca de 50 calorias.
» Goiaba vermelha: 1 unidade (100 g) possui cerca de 43 calorias.
» Kiwi: 1 unidade possui cerca de 46 calorias.
» Laranja: 1 unidade possui cerca de 46 calorias.
» Limão: 1 unidade possui cerca de 12 calorias.
» Maçã verde: 1 unidade (130 g) possui cerca de 79 calorias.
» Maçã vermelha: 1 unidade (130 g) possui cerca de 85 calorias.
» Mamão maduro: 1 fatia (100 g) possui cerca de 36 calorias.
» Manga: 1 unidade (350 g) possui cerca de 230 calorias.
» Maracujá: 1 unidade (50 g) possui cerca de 28 calorias.
» Melancia: 1 fatia (100 g) possui cerca de 24 calorias.
» Melão: 1 fatia (70 g) possui cerca de 19 calorias.
» Morango: 9 unidades (100 g) possui cerca de 43 calorias.
» Pera: 1 unidade (110 g) possui cerca de 68 calorias.
» Pêssego: 1 unidade (150 g) possui cerca de 63 calorias.
» Tangerina: 1 unidade (100 g) possui cerca de 50 calorias.
» Uva passa: 1 colher de sopa (18 g) possui cerca de 54 calorias.

Grãos, legumes e verduras

» Arroz branco cozido: 1 colher de sopa (25 g) possui cerca de 41 calorias.
» Arroz integral cozido: 1 colher de sopa (20 g) possui cerca de 22 calorias.
» Abóbora: 1 porção (100 g) possui cerca de 40 calorias.
» Agrião: 1 porção (100 g) possui cerca de 28 calorias.
» Alface: 2 folhas (20 g) possui cerca de 4 calorias.
» Azeitona verde: 1 unidade (4 g) possui cerca de 5 calorias.
» Batata-doce assada: 1 unidade (100 g) possui cerca de 143 calorias.
» Batata-doce frita: 1 unidade (100 g) possui cerca de 383 calorias.
» Berinjela: 1 unidade (250 g) possui cerca de 489 calorias.
» Beterraba: 1 pequena (125 g) possui cerca de 55 calorias.
» Brócolis: 1 pires de chá (80 g) possui cerca de 23 calorias.
» Cenoura: 1 unidade (100 g) possui cerca de 45 calorias.
» Couve-flor cozida: 1 porção (100 g) possui cerca de 41 calorias.
» Ervilha em conserva: 1 colher de sopa (20 g) possui cerca de 19 calorias.
» Espinafre: 1 pires de chá (100 g) possui cerca de 38 calorias.
» Feijão-branco cozido: 1 colher de sopa (20 g) possui cerca de 2 calorias.
» Feijão-marrom cozido: 1 colher de sopa (20 g) possui cerca de 78 calorias.
» Feijão-preto cozido: 1 colher de sopa (20 g) possui cerca de 14 calorias.
» Pepino cru com casca: 1 unidade (150 g) possui cerca de 21 calorias.
» Pepino cru sem casca: 1 unidade (150 g) possui cerca de 5 calorias.
» Repolho: 1 porção (100 g) possui cerca de 33 calorias.
» Tomate maduro: 1 unidade (100 g) possui cerca de 20 calorias.

Carnes

» Alcatra: 2 fatias (150 g) possui cerca de 301 calorias assada e 350 calorias frita.
» Almôndega caseira de carne moída: 1 unidade (30 g) possui cerca de 31 calorias.
» Almôndega de frango: 1 unidade (25 g) possui cerca de 54 calorias.
» Sobrecoxa de frango assada: 2 unidades (100 g) possui cerca de 109 calorias.
» Bacon: 1 fatia (10 g) possui cerca de 54 calorias e 2 cubos fritos (30 g) cerca de 198 calorias.
» Bisteca de porco: 1 unidade (100 g) possui cerca de 337 calorias.
» Costeleta de porco: 2 unidades (100 g) possui cerca de 483 calorias.
» Coxa de frango frita: 1 unidade (100 g) possui cerca de 144 calorias.
» Coxa de frango assada: 1 unidade com pele (100 g) possui cerca de 100 calorias e 1 unidade sem pele 98 calorias.
» Coxa de frango cozida: 1 unidade (100 g) possui cerca de 120 calorias.
» Fígado de boi frito: 1 fatia (100 g) possui cerca de 210 calorias.
» Filé de frango: 2 filés (100 g) possui cerca de 101 calorias.
» Filé mignon: 1 fatia (100 g) possui cerca de 140 calorias.
» Hambúrguer bovina: 1 unidade (56 g) possui cerca de 116 calorias.
» Hambúrguer de frango: 1 unidade (96 g) possui cerca de 179 calorias.
» Músculo cozido: 3 pedaços (100 g) possui cerca de 180 calorias.
» Patinho de boi assado: 3 fatias (100 g) possui cerca de 200 calorias.
» Peito de frango sem pele: 1 filé (100 g) possui cerca de 100 calorias.
» Picanha: 1 fatia (100 g) possui cerca de 287 calorias.

Frutos do mar e peixes

» Atum cru: 1 posta (100 g) possui cerca de 146 calorias.
» Bacalhau cozido: 1 porção (100 g) possui cerca de 100 calorias.
» Camarão cozido: 1 porção (100 g) possui cerca de 82 calorias.
» Camarão frito: 1 porção (100 g) possui cerca de 310 calorias.
» Casquinha de Siri: 1 unidade (200 g) possui cerca de 413 calorias.
» Caviar: 1 colher de chá (10 g) possui cerca de 24 calorias.
» Dourado: 1 posta (100 g) possui cerca de 88 calorias.
» Linguado assado ou grelhado: 1 filé (100 g) possui cerca de 90 calorias.
» Mariscos cozidos: 1 xícara de chá (100 g) possui cerca de 96 calorias.
» Mexilhão cozido: ½ xícara de chá (100 g) possui cerca de 79 calorias.
» Ostras: 3 unidades (100 g) possui cerca de 81 calorias.
» Pescada cozida: 1 filé (100 g) possui cerca de 97 calorias.
» Pintado grelhado: 1 posta (200 g) possui cerca de 208 calorias.
» Robalo: 1 posta (100 g) possui cerca de 72 calorias.
» Salmão assado ou grelhado: 1 posta (100 g) possui cerca de 292 calorias.
» Salmão cru: 1 filé (100 g) possui cerca de 211 calorias.
» Sardinha em óleo comestível: 4 unidades (100 g) possui cerca de 174 calorias.
» Sardinha em conserva com azeite: 3 unidades (100 g) possui cerca de 298 calorias.

Pães

» Baguete: 1 fatia grossa possui cerca de 70 calorias.
» Bisnaguinha: 1 unidade possui cerca de 45 calorias.
» Brioche: 1 unidade possui cerca de 210 calorias.
» Croissant: 1 unidade (60 g) possui cerca de 247 calorias.
» Panetone: 1 fatia (100 g) possui cerca de 283 calorias.
» Pão de centeio integral: 1 fatia possui cerca de 58 calorias.
» Pão francês: 1 unidade (50 g) possui cerca de 135 calorias.
» Pão de fôrma tradicional: 1 fatia possui cerca de 74 calorias.
» Pão de hambúrguer: 1 unidade (100 g) possui cerca de 278 calorias.
» Pão de hot-dog: 1 unidade (100 g) possui cerca de 286 calorias.
» Pão de queijo: 1 unidade (20 g) possui cerca de 68 calorias.
» Pão integral de trigo: 1 fatia(100 g) possui cerca de 261 calorias.

Massas e pizzas

» Espaguete comum cozido: 1 prato (160 g) possui cerca de 233 calorias.
» Lasanha: 1 porção (100 g) possui cerca de 139 calorias.
» Macarrão integral cozido: 1 prato (160 g) possui cerca de 195 calorias.
» Macarrão cozido: 1 xícara de chá (100 g) possui cerca de 154 calorias.
» Pizza alho e óleo: 1 fatia (140 g) possui cerca de 276 calorias.
» Pizza de calabresa: 1 fatia (140 g) possui cerca de 412 calorias.
» Pizza de catupiry com tomate: 1 fatia (140 g) possui cerca de 324 calorias.
» Pizza de frango com catupiry: 1 fatia (140 g) possui cerca de 305 calorias.
» Pizza de mussarela: 1 fatia (140 g) possui cerca de 304 calorias.
» Pizza margherita: 1 fatia (140 g) possui cerca de 275 calorias.
» Pizza portuguesa: 1 fatia (140g) possui cerca de 396 calorias.
» Pizza quatro queijos: 1 fatia (140g) possui cerca de 432 calorias.

Iogurtes

» Coalhada: 1 colher de sopa (20 g) possui cerca de 52 calorias.
» Danoninho: 1 pote (65 g) possui cerca de 71 calorias.
» Iogurte com açúcar e mel: 1 copo (200 ml) possui cerca de 180 calorias.
» Iogurte desnatado light: 1 copo (200 ml) possui cerca de 88 calorias.
» Iogurte natural: 1 unidade (200 ml) possui cerca de 176 calorias.
» Iogurte natural light: 1 unidade (200 ml) possui cerca de 78 calorias.

Leites

» Creme de leite: 1 colher de sopa (15 g) possui cerca de 37 calorias.
» Leite com chocolate: 1 xícara (200 ml) possui cerca de 222 calorias.
» Leite condensado: 1 colher de sopa (20 g) possui cerca de 65 calorias.
» Leite de cabra: 1 copo (240 ml) possui cerca de 220 calorias.
» Leite de soja: 1 copo (240 ml) possui cerca de 120 calorias.
» Leite em pó desnatado: 2 colheres de sopa (40 g) possui cerca de 73 calorias.
» Leite em pó integral: 1 colher de sopa (20 g) possui cerca de 90 calorias.
» Leite integral: 1 copo (240 ml) possui cerca de 150 calorias.
» Leite semidesnatado: 1 copo (240 ml) possui cerca de 115 calorias.

Queijos

» Catupiry: 1 colher de sopa (20 g) possui cerca de 49 calorias.
» Cheddar: 1 fatia (30 g) possui cerca de 107 calorias.
» Cottage: 2 colheres de sopa (30 g) possui cerca de 55 calorias.
» Cream cheese light: 1 colher de sopa (20 g) possui cerca de 38 calorias.
» Cream cheese tradicional: 1 colher de sopa (20 g) possui cerca de 70 calorias.
» Gorgonzola: 1 porção (30 g) possui cerca de 119 calorias.
» Mussarela: 1 fatia (15 g) possui cerca de 17 calorias.
» Parmesão: 1 fatia (30 g) possui cerca de 121 calorias.
» Prato: 1 fatia (15 g) possui cerca de 53 calorias.
» Provolone: 1 fatia (15 g) possui cerca de 51 calorias.
» Queijo-de-minas: 1 fatia (30 g) possui cerca de 112 calorias.
» Ricota de leite integral: 1 fatia (30 g) possui cerca de 54 calorias.
» Requeijão cremoso: 1 colher de sopa (20 g) possui cerca de 54 calorias.
» Requeijão cremoso light: 1 colher de sopa (20 g) possui cerca de 36 calorias.
» Tofú: 1 porção (50 g) possui cerca de 68 calorias.

Ovos

»  Omelete: 1 porção (100 g) possui cerca de 170 calorias.
» Ovo de codorna: 1 unidade possui cerca de 33 calorias.
» Ovo de galinha cozido: 1 unidade possui cerca de 78 calorias.
» Ovo de galinha frito: 1 unidade possui cerca de 108 calorias.

Condimentos e adoçantes

» Açúcar branco refinado: 1 colher de chá (10 g) possui cerca de 40 calorias.
» Açúcar mascavo: 1 colher de chá (10 g) possui cerca de 36 calorias.
» Alho: 1 dente possui cerca de 7 calorias.
» Caldo de carne e de galinha: 1 tablete (12 g) possui cerca de 33 calorias.
» Cebola crua: 1 colher de sopa (20 g) possui cerca de 6 calorias.
» Cheiro verde: 1 maço possui cerca de 4 calorias.
» Extrato de tomate: 1 colher de sopa (20 g) possui cerca de 14 calorias.
» Ketchup: 1 colher de sopa (15 g) possui cerca de 20 calorias.
» Molho Inglês: 1 colher de sopa (15 g) possui cerca de 5 calorias.
» Mostarda: 1 colher de chá (10 g) possui cerca de 8 calorias.
» Pimenta-do-reino: 1 colher de chá (6 g) possui cerca de 1 caloria.
» Sal branco refinado: 1 colher de chá (6 g) possui 0 calorias.
» Vinagre: 1 colher de sopa (15 g) possui cerca de 3 calorias.

Cremes e molhos

» Branco: 1 colher de sopa (20 g) possui cerca de 28 calorias.
» Maionese: 1 colher de sopa (20 g) possui cerca de 141 calorias.
» Molho de iogurte: 1 colher de sopa (15 g) possui cerca de 21 calorias.
» Molho rose: 1 colher de sopa (15 g) possui cerca de 135 calorias.
» Molho de tomate caseiro: 1 colher de sopa (15 g) possui cerca de 10 calorias.

Gorduras e óleos

» Azeite-de-dendê: 1 colher de sopa (10 g) possui cerca de 89 calorias.
» Azeite de oliva: 1 colher de sopa (10 g) possui cerca de 90 calorias.
» Banha de galinha: 1 colher de sopa (20 g) possui cerca de 126 calorias.
» Banha de porco industrializada: 1 colher de sopa (20 g) possui cerca de 180 calorias.
» Gordura vegetal hidrogenada: 1 colher de sopa (20 g) possui cerca de 180 calorias.
» Manteiga com sal: 1 colher de sopa (10 g) possui cerca de 77 calorias.
» Margarina: 1 colher de chá (10 g) possui cerca de 74 calorias.
» Óleo de algodão, girassol, milho, soja peixe: 1 colher de sopa (10 g) possui cerca de 90 calorias.

Embutidos

» Apresuntado: 1 fatia (15 g) possui cerca de 22 calorias.
» Linguiça calabresa: 1 porção (100 g) possui cerca de 300 calorias.
» Linguiça de frango: 1 porção (100 g) possui cerca de 166 calorias.
» Linguiça de peru defumada: 1 porção (100 g) possui cerca de 148 calorias.
» Linguiça toscana: 1 porção (100 g) possui cerca de 255 calorias.
» Mortadela: 1 fatia fina (15 g) possui cerca de 41 calorias.
» Mortadela de frango: 1 fatia fina (15 g) possui cerca de 20 calorias.
» Peito de peru defumado: 1 fatia (15 g) possui cerca de 14 calorias.
» Presunto cozido: 1 fatia (15 g) possui cerca de 18 calorias.
» Salaminho: 1 fatia pequena (2,5 g) possui cerca de 10 calorias.
» Salsicha: 1 unidade (50 g) possui cerca de 114 calorias.

Biscoitos e bolachas

» Água e sal: 1 unidade possui cerca de 32 calorias.
» Biscoito integral de trigo: 1 unidade (15 g) possui cerca de 28 calorias.
» Cream Cracker: 1 unidade possui cerca de 31 calorias.
» Biscoito de Maisena: 1 unidade possui cerca de 20 calorias.
» Recheado chocolate: 1 unidade possui cerca de 72 calorias.

Chocolates e doces

»  Chocolate meio-amargo: 1 unidade (200 g) possui cerca de 1.074 calorias.
» Chocolate ao leite: 1 unidade (200 g) possui cerca de 1.044 calorias.
» Chocolate em pó solúvel: 1 colher de sopa (6 g) possui cerca de 22 calorias.
» Chocolate branco: 1 unidade (30 g) possui cerca de 170 calorias.
» Trufas: 1 unidade (20 g) possui cerca de 89 calorias.
» Amendoim com chocolate: 1 colher de sopa (40 g) possui cerca de 140 calorias.
» Arroz-doce: 1 porção (100 g) possui cerca de 164 calorias.
» Bomba de chocolate: 1 unidade (80 g) possui cerca de 187 calorias.
» Brigadeiro: 1 unidade (30 g) possui cerca de 96 calorias.
» Cajuzinho: 1 unidade (12 g) possui cerca de 102 calorias.
» Canjica: 1 xícara de chá (200 g) possui cerca de 226 calorias.
» Cocada: 1 unidade possui cerca de 55 calorias.
» Doce de leite: 1 fatia (50 g) possui cerca de 158 calorias.
» Geleia: 1 colher de sobremesa (15 g) possui cerca de 36 calorias.
» Marmelada: 1 fatia (100 g) possui cerca de 264 calorias.
» Mousse de chocolate: 1 taça (150 g) possui cerca de 333 calorias.
» Paçoca: 1 unidade (30 g) possui cerca de 114 calorias.
» Pamonha: 1 unidade possui cerca de 135 calorias.
» Pavê: 1 fatia (100 g) possui cerca de 200 calorias.
» Pé-de-moleque: 1 unidade (20 g) possui cerca de 46 calorias.
» Rapadura: 1 pedaço (50 g) possui cerca de 84 calorias.
» Gelatina: 1 porção (100 g) possui cerca de 68 calorias.

Cereais e farinhas

» Aveia em flocos: 1 colher de sopa (15 g) possui cerca de 50 calorias.
» Farinha de amendoim: 1 colher de sopa (15 g) possui cerca de 56 calorias.
» Farinha de arroz: 1 colher de sopa (15 g) possui cerca de 53 calorias.
» Farinha de aveia-crua: 1 colher de sopa (15 g): possui cerca de 57 calorias.
» Farinha de fubá de milho: 1 colher de sopa (20 g) possui cerca de 69 calorias.
» Farinha de mandioca: 1 colher de sopa (15 g) possui cerca de 54 calorias.
» Farinha de milho integral: 1 colher de sopa (15 g) possui cerca de 30 calorias.
» Farinha de rosca: 1 colher de sopa (15 g) possui cerca de 54 calorias.
» Farinha de trigo: 1 colher de sopa (15 g) possui cerca de 54 calorias.
» Germe de trigo: 1 colher de sopa (15 g) possui cerca de 55 calorias.
» Maisena: 1 colher de sopa (15 g) possui cerca de 52 calorias.
» Malte em pó: 1 colher de sopa (15 g) possui cerca de 56 calorias.

Bebidas

» Café com açúcar: 1 xícara de 50 ml possui cerca de 33 calorias.
» Café sem açúcar: 1 xícara de 40 ml possui 3 calorias.
» Cerveja: 1 lata de 350 ml possui cerca de 147 calorias.
» Vodka: 1 cálice de 20 ml possui cerca de 48 calorias.
» Coca-Cola: 1 lata de 350 ml possui cerca de 137 calorias.
» Coca-Cola Light: 1 lata de 350 ml possui cerca de 1,5 calorias.
» Guaraná: 1 copo de 240 ml possui cerca de 75 calorias.
» Guaraná diet: 1 lata de 350 ml possui cerca de 4 calorias.
» Sprite: 1 lata de 350 ml possui cerca de 115 calorias.
» Sprite diet: 1 lata de 350 ml possui cerca de 5 calorias.

Dicas importantes

Está assustado com a quantidade de informações, não é mesmo? Mas se todo o esquema não for montado detalhadamente algo poderá dar errado no meio do caminho, como a demora na obtenção de resultados, efeito sanfona, etc. Portanto, mantenha a calma!

Para montar a dieta, conte com a ajuda de programas que contenham planilhas. Assim será mais fácil organizar todas as informações e saber tudo o que está consumindo naquele dia ou semana.

Se não tiver uma balança de precisão ou tradicional para fazer a medição dos alimentos, tente associar as quantidades em gramas com porções em colheres, xícaras, forminhas, etc.

Dieta cetogênica hipertrofia

A hipertrofia é um processo feito a base de uma alimentação regrada que visa enxugar a gordura localizada do corpo. Ela é mais adaptada por nutricionistas que orientam praticantes de atividade física intensa que precisam queimar a gordura e transformar um corpo em um elemento composto apenas por músculos.

A dieta cetogênica nesse processo é fundamental, isso porque elimina totalmente o acúmulo de gorduras obtidas através de uma alimentação baseada em carboidratos, intensificando o processo de queima de gordura pelo controle alimentar composto somente por proteínas.

Como funciona a dieta?

A cetogênica foi criada por um médico americano chamado Dr. Robert Atkins. O processo criado pelo mesmo visa orientar atletas que desejam chegar a hipertrofia fazendo com que eliminem o carboidrato e priorize dentro da alimentação, alimentos ricos em proteínas + gorduras boas. Resultado disso é preferencialmente a criação de massa magra.

Essa rapidez e resultado eficiente é que o torna a cetogênica uma dieta mais completa e causadora do impedimento do acumulo de gordura. Quando seguimos um plano alimentar que não retira boa parte dos carboidratos, o processo de emagrecimento costuma ser menos eficaz, já que estará ingerindo carboidrato que se transformará em gordura e apenas parte dele estará sendo queimado durante o treino.

Esse é um dos pontos que levam o fracasso de algumas dietas, já que a demora é grande e a paciência para chegar aos resultados é curta. O processo de emagrecimento tem como objetivo deixá-lo com:

  • Um corpo magro
  • Secar a gordura
  • Criação de músculos
  • Manter a massa magra

O que faz um corpo entrar em processo de acumulo de gordura?

A resposta para essa pergunta está voltada inteiramente para os carboidratos. O que realmente faz o processo de ganho de peso é necessariamente o carbo e não as gorduras, como estamos acostumados a acreditar. Sobre todos os carboidratos, os refinados são os mais prejudiciais.

Existem tipos diferentes de carboidratos que podem levar ao acumulo de gordura mais rápido, como por exemplo todos os alimentos feitos a base de farinha de trigo, bem como:

  • Bolos
  • Pizza
  • Doces
  • Biscoitos
  • Massas
  • Pães

E também cereais, como:

  • Arroz

Todos esses e outros mais, sem exceção, devem ser retirados de sua dieta com força total. Quando deixa de se alimentar de forma que coloque o corpo em modo de queima, começa a acumular, esse é o resultado da ingestão de carboidratos de forma desregrada.

Quanto devo comer de proteínas?

Essa é a única dieta que não visa quantidades. Não há necessidade de contagem de calorias, estipular quantidade ingerida e nada relacionado. Está baseada apenas em comer o que é certo, independente do quanto estará sendo ingerido. As refeições do cardápio costumam ser as mais saborosas.

Quer dizer que eu não posso comer carboidrato de jeito nenhum?

Não. Você poderá fazer ingestão de carbos, contudo, é importante que seja de forma adequada. Explicaremos a seguir como prosseguir dentro da dieta sem agredir a saúde e se mantendo saudável.

A dieta cetogênica é feita por etapas, começando desde de um ponto mais intenso até chegar num período onde haja a possibilidade de ingerir carboidratos diariamente, vejamos a seguir:

1° etapa – A primeira etapa consiste em cortar todos os tipos de alimentos que possam ser ricos em carboidratos. Não é permitido de forma alguma a ingestão de alimentos que contenham carbos refinados ou que sejam massudos, independente se esses são frutas, verduras ou legumes.

Esse período deve durar cerca de 1 a 3 semanas, de acordo com o que for suportado por cada pessoa. Seu cardápio deve estar baseado apenas em:

Os peixes são alimentos ideais para a primeira etapa da dieta, já que são fonte de proteínas e também de ômega 3.
Deve-se ingerir alimentos ricos em proteínas (Foto: Reprodução)
  • Carnes
  • Queijos
  • Ovos
  • Laticínios
  • Legumes
  • Castanhas
  • Peixes
  • Frango
  • Azeite
  • Presuntos
  • Patês
  • Bacon
  • Peito de peru

Toda sua alimentação deve ser exclusivamente organizada nesses tipos de alimentos.

2° etapa – Período em que se deve começar a ingerir o carboidratos, esse deve durar entre 2 à 4 semanas. Tendo um cardápio equilibrado e com ingestão mínima de carboidratos. Acrescente aos poucos a batata doce, lentilha, alimentos integrais como pães, arroz e massas, entre outros.

Lembrando que essa etapa é uma das mais importantes, nesse período poderá decidir continuar com o acréscimo de carboidratos ou até mesmo interromper por mais uma ou duas semanas. Dependerá somente do seu objetivo. É bom lembrar que exagerando “na dose” seu corpo acabe ficando desnutrido, alimente-se corretamente para que isso não ocorra.

3° etapa – Por fim e não menos importante que as demais, começará a ingerir carboidratos refinados também. Mas é bom lembrar que eles não devem ser ingeridos diariamente. Pelo contrário, deixe-os apenas para momentos especiais. Normalmente continue sua dieta a base de carboidratos de baixo índice glicêmico.

Observações finais

A desnutrição pode ser uma consequência e um problema quando estamos tratando da dieta cetogênica, de qualquer forma, o mais importante é que esteja sendo acompanhado por um profissional dessa área da saúde. A desnutrição pode causar baixa de imunidade e o desenvolvimento de doenças.

Outro ponto indispensável a seu conhecimento é que não deve haver ingestão de bebida alcoólica nesse período. O álcool encontrado nas bebidas é o principal carboidrato que deve evitar no processo, também é importante que durma bem, tenha uma vida ativa com relação a atividades físicas e faça ingestão de ao menos dois litros de água diariamente.

A dieta cetogênica é um processo de emagrecimento que deve ser usado para o bem do seu corpo. Se em qualquer momento estiver agredindo-o ou afetando-o de modo geral, é importante que procure interromper o processo. Além disso, algumas pessoas com quadros clínicos peculiares não devem fazê-la, converse com um profissional da área da saúde e nutrição.