Dicas para manter o peso

Cumprir com uma dieta para emagrecer ou engordar é considerado uma tarefa difícil, assim como manter o peso estável quando se consegue a medida do desejado. Fala-se isso pelo fato de serem diversas as tentações que rondam o dia-a-dia e que podem tirar quaisquer um do objetivo almejado.

E para que o leitor do “Acesse Saúde” consiga manter seu peso, separamos algumas dicas de como se livrar dos meios termos escondidos no cotidiano.

Dicas

Manter o peso não é nada fácil, ainda mais quando se pode cair em tentação a qualquer instante.

△ 1° Dica para quem quer conseguir cumprir essa tarefa tão difícil e ter disciplina, pois por meio dela se mantêm o foco almejado e não se descarrilha da linha que esta seguindo. Então, evite:

✦ Comer fora de casa. Leve sempre a alimentação dentro da bolsa, para onde for, independente do horário e local. 

✦ Ter dias do lixo (aqueles onde se come tudo que se vê pela frente de uma única vez, sem culpa).

✦ Faltar com os exercícios realizados, (pois eles vão ajudar a manter a alimentação balanceada e correta, já que o organismo vai exigir os nutrientes necessários para execução do mesmo). 

✦ Sair de casa em dias avulsos, sem compromisso certo, somente para fazer companhia, (pois eles podem acabar levando para outra direção, fazendo assim, com que aconteça o uso de alimentos e até mesmo bebidas abusivas que não estão de acordo com a dieta).

△ 2° Dica e ter uma dieta balanceada ou uma reeducação alimentar. E para isso é necessário ter acompanhamento médico, pois somente ele e que saberá o melhor para o organismo. Todavia, antes de se  chegar até ele, pode-se estar realizando algumas trocas alimentares já em casa, como por exemplo:

Cuidado com as tentações.
Faça por onde para conseguir o que deseja.
(Foto Reprodução)

✦ Arroz e massas normais pelo integral. As fibras ajudam o intestino a funcionar melhor, logo a barriga não ficará inchada. 

✦ Açúcar cristalizado pelo mascavo ou adoçante light recomendado pelo nutricionista. 

✦ Carne gorda pela magra (frango, peixes e outros).

✦ Leite e seus derivados, pelos desnatados e sem conservantes, e assim por diante. 

△ 3° Dica, que é  evitar o consumo de sódio, pois ele retém o líquido preso no corpo, o que pode acabar fazendo com que o mesmo fique inchado. Essa dica vale ainda vale para os alimentos gordurosos, cheios de açúcar e conservantes.

Shakes ajudam a emagrecer mais rápido?

Todos os dias alguém inventa um novo tipo de dieta com intuito de fazer, com que as pessoas emagreçam, mas será que é somente isso que acontece. No caso da dieta dos Shakes- sim, porém perde-se também líquido, músculos e outros, o que pode acabar levando ao reganho do peso já perdido, o que por sua vez, não é o que ninguém deseja.

Contudo, pode-se dizer que a dieta funciona, mas para que o corpo não deixe de receber nenhum tipo de nutriente que necessita é preciso que ela tenha um acompanhamento nutricional. Lembre-se de que nada deve ser iniciado sem antes consultar o médico e de verificar se o organismo esta realmente pronto para tais mudanças, portanto, antes de mais nada procure auxílio e veja o que pode estar sendo feito.

Caso o especialista da área da saúde tenha dado um “OK”, para que possa realizar a dieta do mesmo, aproveite a dieta que descrevemos abaixo e tenha uma vida saudável.

Dieta do Shake

Atenção, somente uma alimentação é que pode estar sendo trocada pelo shake, pois eles não possuem totais ingredientes para suprir a carência dos nutrientes que o organismo necessita. Então, não se arrisque fazendo isso por mais de uma vez.

Cuidado com o excesso de frutas, pois elas também são calóricas.
Créditos da Imagem: http://www.imulher.com/881/dieta-do-shake
(Foto Divulgação)

✦ Café da manhã

01 banana

150 ml de iogurte desnatado

02 colheres de sopa de linhaça

✦ Lanche

Um punhado de frutas secas (uva passas, castanha, amêndoas, damasco e outros).

✦ Almoço

Salada a vontade (temperada somente com limão).

150 gramas Peixe ou frango sem pele, a vapor ou grelhado (temperado somente com sal).

02 colheres de arroz integral

Legumes no vapor a vontade

✦ Lanche

Shake de abacate

200 ml de leite de soja light

01 colher de sopa de abacate

02 castanhas-do-pará

✦ Janta

Sopa de legumes ou o mesmo do almoço, porém sem o arroz. 

✦ Ceia

200 ml de leite desnatado

01 maça sem casca

Dicas Variadas

△ Esteja sempre repondo o líquido perdido, tome cerca de 3 litros ou mais de água por dia.

△ Faça ao menos 30 minutos de aeróbico em três dias da semana, ou então alguma atividade física mais intensa. Lembre-se de que somente a alimentação não vai trazer efeito para o que deseja.

△ Tenha sempre uma boa noite de sono. O corpo precisa se recompor para que possa ter energias o suficiente para o dia seguinte.

△ Evite alimentos gordurosos, que tenham muito sal, doce ou ainda sejam cheios de conservantes. Eles são uma verdadeira bomba de gordura e ainda podem trazer consigo diversas doenças.

△ Vá ao médico ao menos de seis em seis meses, para fazer um checape e verificar como anda os seus ganhos.

Corpo estilo panicat, tenha o seu!

Ter um corpo bonito deixou de ser apenas uma vaidade e se tornou, principalmente, uma forma eficaz de manter-se saudável. Pessoas que malham e possuem uma alimentação regrada desenvolvem melhor suas respectivas musculaturas e tornam real o sonho de ter um corpo belo e sadio.

A verdade é que essa conquista não se dá do dia para a noite, muito pelo contrário. O trabalho ao todo exige um período prolongado de esforço e dedicação, principalmente quando tratamos de alimentação. Somente essa estimulação será capaz de lhe trazer o corpo perfeito.

Um ponto interessante é, antes de mais nada, saber qual é o seu objetivo. Lembrando que a formação corporal de cada mulher é diferente, algumas possuem mais quadril e menos circunferência na região dos seios, enquanto outras, preferencialmente, são mais “larguinhas” em cima e “fininhas” em baixo.

Tudo isso quer dizer que, o seu corpo é SÓ SEU e a forma como ele ficará será diferente daquela atriz que você tanto gosta da novela das oito, na verdade, ele poderá ficar até melhor. Portanto, primeiro passo é não ter um “espelho famoso” e sim uma meta estipulada de forma racional.

Apesar dos esforços, vale a pena lutar por um corpo bonito.
Corpo de panicat.
(Foto: Reprodução)

Mantenha idealizado em sua cabeça as medidas nas quais gostaria de chegar e principalmente um peso a alcançar, seja ele para o aumento ou diminuição de quilos de acordo com a sua altura. Desenvolveremos abaixo uma série de tópicos que precisam ser respeitados de forma perfeita para que isso seja possível.

Lembrando que cada ponto é um passo adiante para o sonho de ter um corpo ideal. Mantenha-se sempre motivada e interessada, estudando cada vez mais sobre o assunto e requerendo de si mesma um potencial diferente.

Esteja sempre superando suas expectativas e revendo seus conceitos quando o assunto for musculação, alimentação e regras estabelecidas pelo seu próprio corpo. Não importa o que fez a sua vizinha, o seu corpo é diferente e a forma como você o transformará deve ser igualmente diferente.

Não é nem de longe viável que se espelhe em alguém, pois as formas como essas mesmas pessoas alcançarão seus objetivos podem ter sido distintas, tendo elas necessidades diferentes das suas.

A primeira dica valiosa é:

Coloque em sua cabeça de uma vez por todas – VOCÊ É ÚNICA!

Entendendo essa parte perfeitamente, vamos ao que interessa! Se você perguntar uma mulher considerada “panicat” quais são os seus segredos de beleza, certamente a resposta será automática: Dieta + Musculação + Descanso.

O fato é que a “coisa toda” não anda bem SÓ por esse lado, existem outros pontinhos que esmiuçaremos nesse artigo. Continue acompanhando e modifique seu corpo de uma vez por todas. Uma mulher de bem com seu próprio corpo é muito mais feliz e traz brilho a qualquer ambiente que passa.

1° – Libera geral na proteína

Proteína é vida, garota! Não tem pra onde correr, basear sua alimentação nessa belezura é o que há. Não adianta tentar dietas “mirabolantes”, nenhuma delas pode ser mais eficaz do que comer proteína corretamente na hora certa.

A proteína é um elemento de extrema necessidade para os praticantes de atividade física, ela é responsável por dar ao seu corpo a capacidade de fazer com que seja produzida maior quantidade de massa magra.

Essa massa magra é o resultado de uma alimentação proteica que trará a você o tão sonhado e desejado corpo. Mas isso não vem do dia pra noite, é preciso bastante atenção em todas as suas refeições diárias, desde o café da manhã até a ceia.

Em quais horários devo fazer maior ingestão?

Em todos, sem exceção. Ela entrará em ação, assim que o seu corpo iniciar o processo de organização dos elementos consumidos durante aquele dia, seu treino ajudará no processo diretamente e em algum tempo (de acordo com o seu organismo) os primeiros músculos começarão a ser aparentes.

Para as magrinhas

Se você deseja ganhar massa magra, pois já é perfeitamente livre de acúmulo de bolsas de gordura, o ideal é começar a comer mais e melhor. Nesse caso, o carboidrato é mais viável, ele deve ser inserido em suas refeições juntamente com as proteínas.

Para as gordinhas

Se perder é o seu objetivo, então abaixa o carboidrato e aumenta a proteína. Esse processo fará com que suas bolsas de gorduras sejam eliminadas pouco a pouco, é bom lembrar que nesse caso o mais importante é manter-se firme nas atividades aeróbicas.

Alimentos ricos em carboidrato de baixo índice glicêmico devem ser combinados com porções de proteínas.
Alimentação fit.
(Foto: Reprodução)

Elas serão de extrema importância, pois certamente farão a eliminação desse acúmulo de gordura para então começar o seu processo de ganho de massa magra, tornando assim seu corpo perfeito para o recebimento desse novos estímulos.

O que é proteína?

É muito difícil encontrar alguém que não esteja por dentro dos alimentos ricos em proteínas, eles são altamente famosos e estão em todas as revistas de dieta e saúde. Contudo, esmiuçaremos abaixo de forma científica para que seja possível entender o processo desse elemento no seu corpo.

O que chamamos de proteína é, nada mais nada menos que, uma macrocélula. Em sua composição estrutural encontraremos as chamadas cadeias polipeptídicas, todas essas são formadas especialmente por aminoácidos – sendo esses responsáveis pelo desenvolver do que chamamos de massa magra.

Proteína animal

Esses são os tipos de proteínas retiradas a partir de animais:

  • Carne de frango;
  • Carne bovina;
  • Carne suína;
  • Derivados de carnes vermelhas e brancas;
  • Ovos;
  • Leite;
  • Queijos;
  • Iogurte;
  • Peixes.

Proteína vegetal

Como o próprio nome se dá, as proteínas vegetais são chamadas dessa forma por possuírem origem vegetal, sendo essas:

  • Feijão;
  • Vagem;
  • Soja;
  • Quinoa;
  • Ervilha;
  • Lentilhas.

Uma dieta equilibrada e recomendada é aquela que apresenta todos esses alimentos inclusos nos cardápios diários, além desses, existem vários outros que são capazes de compôr a sua alimentação sem necessariamente serem munidos de carboidrato.

Observação: Uma dieta rica em proteína é voltada principalmente para o aumento de massa magra ou definição muscular, não deve ser feita sem a ajuda de um profissional totalmente especializado na área de nutrição. A falta inadequada de carboidrato no corpo pode resultar em graves e sérios quadros de anemia e desnutrição.

2° – Diminui esse carboidrato

Em contrapartida a tudo que fora especificado no tópico anterior, diminuir o carbo também é recomendado, principalmente no caso de pessoas que PRECISAM ou estejam objetivamente pensando no emagrecimento.

Quando existe a diminuição desse elemento, o seu corpo é capaz de fazer com que haja o que chamamos de processo cetogênico, esse é responsável pela queima de gordura localizada. É preciso entender como esse processo funciona.

Inicialmente, é interessante saber que você se movimenta ou possui energia preferencialmente por causa do carboidrato, sem ele, é possível que haja quadros de desidratação profunda e principalmente de anemia, já que estará mais fraco.

Portanto, a retirada desse elemento deve ser feita sob ajuda médica e responsabilidade supervisional de um profissional qualificado para lhe dar a devida orientação.

Classificação dos carboidratos:

Carboidrato denso – Detentores de grandes taxas de glicose, resultando sua ingestão na maior quantia de acúmulo de gordura. Presente principalmente em alimentos como pães, arroz, massas (não integrais), lanches de fast foods, pizzas, biscoitos recheados, bolos, salgados fritos ou assados, refrigerantes e bebidas alcoólicas.

Carboidrato complexo – Encontrado principalmente em alimentos de médio índice glicêmico, presente principalmente em verduras, biscoitos fit, frutas e alguns alimentos industrializados. Olhe sempre o rótulo para moderar a quantidade de carbo complexo a ser ingerido, pois ainda que seja de mediano IG, pode resultar no acúmulo de gordura corporal.

Carboidrato leve – Os carboidratos leves estão presentes principalmente nos alimentos integrais, eles se comportam nos grãos, arroz, pães, biscoitos e massas integrais. Devem ser utilizados como repositores dos carboidratos densos que dantes eram ingeridos diariamente em suas refeições diárias.

Um cardápio bem elaborado com quantias específicas de calorias recomendadas diariamente (de acordo com seu peso e estrutura) e bons hábitos, como dormir bem e manter-se relaxado são pontos que com certeza te levarão ao maravilhoso caminho da “saúde em dia” e do tão sonhado e almejado “corpo de panicat”.

Não se esqueça de procurar alguém bem mais orientado que você para montar esse cardápio, lembrando que pontos como peso / altura / taxa metabólica / gasto calórico / gasto energético devem ser levados em consideração como parte fundamental.

Conheça primeiramente o seu corpo, depois estimule maneiras de se alimentar que possam ser condizentes com sua necessidade de forma geral.

3° – Um treino de rainha!

Ninguém, absolutamente, ninguém é capaz de ter um corpo maravilhoso sem treinar. Não importa se a sua genética é boa, se a sua alimentação está em dia ou se você encontrou outros métodos, o treino não é só parte importante nesse processo, ele é essencial!

Os treinos são poderosos ativos, eles serão responsáveis por suas curvas.
Treinar.
(Foto: Reprodução)

Isso significa que se o seu treino não corresponder a sua necessidade, então esqueça de uma vez por todas essa “história de panicat”, cada partezinha de sua estrutura deve ser trabalhada de forma séria e coerente, só assim será possível chegar a seu objetivo.

Depois que toda sua alimentação está estruturada e seu corpo está recebendo os estímulos certos através das refeições, a hora de começar a malhar pesado é agora! Um treino “meia-boca” não resolverá o seu problema, pelo contrário, te irritará já que os resultados não serão aparentes.

O primeiro passo é marcar uma avaliação física e entender quais são suas necessidades: perder gordura? Ganhar massa magra? Definir a musculatura? Seja lá qual for, faça direito! Depois que checar algumas informações importantes como:

  • Altura;
  • Peso;
  • Gasto calórico;
  • Gasto energético;
  • Quantidade de gordura extra;
  • Quantidade de gordura necessária;
  • Medidas.

Já sabe tudo isso? Perfeito, é hora de partir para o abraço. Fique atenta enquanto seu instrutor na academia ou personal trainer modela seu treino, faça perguntas, peça orientação, entenda o que precisa ser feito.

A respeito da pausa

Você sabia que pausar erradamente suas séries pode fazer com que ganhe mais peso ou o perca? Pois é, esse ponto é fundamental. Uma pessoa que pausa por cerca de 120 segundos entre uma série e outra é capaz de reter massa ou ganhar volume.

Enquanto isso, séries intensas e pausas menores são capazes de fazer com que seu corpo tenha então uma elevação na perda de peso ou de gordura corporal. Nenhuma das duas formas (pausando menos ou mais) é capaz de aumentar seu nível de gordura corporal, mas é bom entender quando realmente é necessário ganhar massa magra.

Se você respeita esse período de acordo com a necessidade do seu corpo, é capaz de impulsionar os resultados para o lado que deseja, sendo assim mais fácil e rápido o processo de definição, ganho de massa ou perda de gordura (de acordo com a sua vontade).

Entenda cada ponto específico desse processo e isso será mais que suficiente para que não dê voltas e nem fique parado por muito tempo, se o seu caminho está iluminado, certamente será mais fácil enxergar suas necessidades e objetivos de forma perfeita.

4° – Gata, descanse!

Descansar, ta aí uma coisa que pouca gente faz quando se está desesperado para ver os primeiros resultados. Se você acha que malhar três horas na academia resultará em um sucesso maior daqui três meses, está redondamente enganado.

Nenhum estudo até hoje comprovou a verdade eficácia de passar tempo demais na academia. Seu treino tem que durar entre 40 minutos e uma hora, nada mais que isso. Todo o treino que ultrapassa esse período pode estar errado, procure se orientar.

O descanso é totalmente essencial.
Descansar.
(Foto: Reprodução)

Lembrando mais uma vez das necessidades de cada tipo de corpo, há pessoas que precisam de um descanso variado entre 24 e 32 horas, enquanto outras não precisam de mais que 24. O tempo mediano é de 24 horas entre um treino e outro.

Corrija sempre a sua postura, uma postura errada é responsável pela maior exaustão, quanto mais cansada estiver no fim de seu treino, mais difícil será levantar novamente no dia seguinte para sofrer “a tortura” nesse “segundo round”.

Seja mais inteligente que isso, procure fazer corretamente ainda que “não esteja sentindo os efeitos na hora”, erroneamente muitas meninas acreditam que sentir dor depois do treino é sinal de que algo está realmente funcionando, nem sempre a coisa anda por esse lado, fiquem atentas.

Pausa x Descanso

Pausas e descansos são coisas completamente diferentes, sendo ambas de extrema importância nessa trajetória de definição muscular e alcance de um corpo estilo panicat. Cada um age de forma diferente, tendo então uma observação diferente.

Se você está inserido em uma academia, pergunte a seu professor a maneira correta de fazer ambos. Assim terá maior propriedade para definir períodos e metas de acordo com o tempo que possui e a necessidade que está sendo apresentada.

Sempre procure por profissionais que tenham comprovação de sua eficácia no mercado de trabalho, principalmente se esse for contratado para uma consultoria pessoal e individual. Esses serviços costumam ser mais caros, portanto, necessitam fazer jus ao seu valor.

O que acontece quando eu não descanso suficientemente? Catabolizo!

Você já ouviu falar do catabolismo? O catabolismo é o inimigo mortal da musculação. Ele não só degrada seu organismo, como também faz um desenvolvimento de quebra das proteínas, resultando então num corpo extremamente fora dos padrões de saúde e boa forma.

Quando uma pessoa entra em processo de catabolização, isso significa que ela está perdendo massa magra. Em miúdos, podemos dizer que ela parou o processo correto de definição acompanhada de nutrição e começou a andar pelo “caminho tortuoso”.

Por que isso acontece? Pela falta de descanso!

Seu corpo entra em exaustão total quando não possui tempo suficiente para se recuperar, como força de defesa ele inicia automaticamente o catabolismo, fazendo com que assim haja uma reação que resultará na reversão dos resultados.

Esse é um estado fisiológico que requer muita atenção, só será possível observar o caminho que está trilhando através das avaliações físicas. Elas poderão orientar você de forma perfeita, já que observará quando ganhar ou perder massa magra e gordura corporal.

Dicas para evitar o catabolismo:

» Durma bem.
» Descanse perfeitamente 24 ou 32 horas, de acordo com seu treino.
» Alimente-se antes de fazer musculação.
» Respeite o limite do seu corpo na hora de decidir quanto puxará de peso, tanto nas pernas, quanto nos braços.
» Faça utilização de suplementos vitamínicos.
» Coma quantias ideais para suas medidas de carboidratos diariamente.
» Procure informações concretas e específicas sobre esse processo.
» Faça avaliações físicas regularmente e as analise com um profissional de sua confiança.
» Tome vitamina C para fortificar o seu sistema imunológico.
» Faça uso de bebidas proteicas.

5° – A velha e boa companheira: Garrafinha de água!

A água é um dos ingredientes indispensáveis na receita para uma dieta bem sucedida. Vários e vários estudos já comprovaram a sua eficiência com relação ao auxílio no funcionamento do organismo humano, recentemente um outro estudo comprovou que ela ajuda também no processo de emagrecimento.

Depois de muita pesquisa, pode-se afirmar que uma pessoa que ingere cerca de 2 copos de água (200 ml cada) antes das refeições, é capaz de gerar um emagrecimento mais acelerado e contínuo do que aquelas que não bebem.

A água é de extrema importância na dieta.
Água.
(Foto: Reprodução)

Além disso, a água tem o poder de “potencializar” os suplementos que você ingere ao longo do dia, lembrando que esses serão responsáveis pelo aumento de massa magra juntamente com a proteína que será consumida fielmente dia após dia.

A melhor maneira de nunca se esquecer dessa ingestão de líquido diária, é levando consigo uma garrafinha na qual poderá ser enchida a qualquer hora, em qualquer lugar. Caso seu limite de preenchimento seja 500 ml, tomando 4 por dia você estará ingerindo a quantidade mínima recomendada (2 litros).

Observação: Apesar de extremamente benéfica ao corpo e ajudar no emagrecimento ou definição muscular, não é orientado que seja ingerida durante as refeições, procure sempre manter-se bem hidratado, mas regrando as dosagens nos períodos corretos.

6° – Se divirta com cuidado!

É fato que tomar uma cervejinha aqui e outra ali é sem dúvidas um “momento relaxar” no fim de semana, contudo, essa distração pode lhe custar uns quilinhos a mais, uma circunferência maior na barriga e uma chateação quando aquela calça MARAVILHOSA não subir.

Evite todo e qualquer tipo de bebida alcoólica, o álcool além de prejudicial ao corpo, também é capaz de fazer com que você ganhe peso. Fique atenta!

7° – Suplementos não machucam ninguém

A suplementação deverá ser ingerida de acordo com o seu objetivo, cada mulher possui uma estrutura corporal diferente, portanto é possível que algumas necessitem de maior ingestão de calorias e carboidratos para o ganho de massa, enquanto outras necessitem da perda de peso.

Dentre todos os suplementos indicados (para a maioria), podemos citar:

  • Whey Iso Tech Athletica
  • Glutamina
  • L.A bloqueador de gordura
  • BCAA
  • Termogênico
  • Whey iso tech
  • ZMA

Os suplementos podem auxiliar e complementar sua alimentação, trazer força e ativar a queima de gordura ruim e desnecessária. É preciso apenas que esse método seja acompanhado por um nutricionista especializado na área.

Os suplementos são auxiliadores na definição muscular.
Suplemento alimentar.
(Foto: Reprodução)

A ingestão de tais suplementos podem trazer disfunções ao organismo, sendo assim necessário que haja a instrução para a melhor absorção e aproveitamento dos mesmos. São vendidos em cápsulas e pó, lembrando que cada um tem ação diferente.

Também é bom salientar que eles não fazem milagre! Se a sua dieta estiver desregrada, eles não funcionarão! Os suplementos só podem ter efeito mediante a força física acompanhada de alimentação regrada e condizente com as necessidades do seu corpo.

Uma boa dica é começar a seguir essas “famosas fitness”, elas postam absolutamente tudo que comem e bebem diariamente, orientando de forma particular as porções de suplementos, isso poderá lhe ajudar, mas não substitui um acompanhamento médico.

8° – Foco, força e fé!

Durante essa fase, nada é mais importante do que a disciplina. A disciplina é quem fará com que os resultados sejam aparentes, isso porque ela o incentivará a continuar percorrendo o caminho, não adianta começar uma dieta sem disciplina.

Antes de iniciar o processo, é muito importante que tire ao menos um dia do mês para pensar sobre sua dieta. Se faça perguntas como:

– É isso mesmo que quero?
– Por que preciso de um corpo como esse?
– Serei mais feliz assim?
– Tenho força de vontade o suficiente para prosseguir até o fim?
– Vou fazer dieta durante toda a minha vida?

É extremamente importante que todas as suas perguntas sejam respondidas com um “sim”. Esse tipo de atitude é uma mudança muito maior no estilo de vida, do que no corpo. Transformar seus hábitos não só lhe darão uma aparência melhor, mas também a saúde que precisa para aguentar mais longos anos.

Não existe idade para mudar seus pensamentos, ainda que esteja em idade avançada, isso não significa que não poderá formatar completamente as suas curvas. Seguindo perfeitamente um método orientado por profissionais e respeitando seus limites sempre, é possível conquistar o corpo que sempre sonhou.

Se possível, contrate também um personal trainer, esse profissional está qualificado para lhe ajudar a trazer o efeito necessário ao seu corpo. Em casos de dúvidas, você só precisará contatá-lo e terá um serviço sempre a disposição.

Veja o resultado (que também pode ser seu) em panicats como:

  • Juju Salimeni
  • Babi Muniz
  • Mulher Samambaia
  • Carol Dias
  • Fernanda Lacerda
  • Aline Mineiro
  • Mari Gonzalez
  • Ana Paula Minerato
  • Regiane Brunnquell
  • Renata Molinaro
  • Thaís Bianca
  • Carol Narizinho
  • Carol Belli
  • Babi Rossi
  • Nicole Bhals
  • Jaqueline Khury
  • Aryane Steinkopf
  • Lizzi Benites
  • Dani Bolina
  • Tânia Oliveira
  • Gabriela Monteiro
  • Sabrina Sato
  • Andressa Zizzari
  • Vanessa Zoth

Inspire-se nesses esculturais corpos e comece já a mudar o seu!

9° – Relaxe!

Relaxar é preciso…

É bom ressaltar que quando dizemos “relaxe” não necessariamente estamos nos referindo ao descanso, mas sim ao hábito de se tranquilizar com seus resultados. A pressão psicológica que muitas meninas fazem consigo mesmas pode ser o fator determinante para o adiamento de bons resultados.

Quando você não consegue ser paciente, seu psicológico se torna abalado e sua ansiedade alcança níveis extraordinários, seu cérebro deixa de comandar com eficiência seu corpo e tudo isso se torna aparente, com a estagnação do mesmo.

Existem algumas medidas simples que podem ajudá-lo a responder melhor, como:

  • Massagens
  • Drenagens linfáticas (e ainda diminuem consideravelmente bolsas de gordura)
  • Reclusão em spas
  • Tratamentos de relaxamento corporal
  • Yoga

Colocar músicas para esse fim e sentar ao ar livre (de dia ou a noite) é extremamente confortante, ajuda a liberar o hormônio da felicidade e traz uma sensação prazerosíssima de tranquilidade, esse é um método perfeito para quem não pode “gastar muito” nesses momentos.

Dicas 

  • Tome uma xícara de chá ou leite antes de dormir;
  • Conte até cinco respirando profundamente e lentamente;
  • Escute músicas que possam relaxar sua mente cerca de duas horas antes de ir pra cama;
  • Alongue-se com mais frequência;
  • Durma sempre em locais limpos e frescos;
  • Tenha mais momentos de lazer (ainda que não saia da dieta).

10° – Comemore o resultado!

Depois de muito lutar pelo corpo que deseja, com certeza é hora de comemorar. Quando chegar nesse período, naturalmente equilibrará sua rotina com todos os pilares citados acima, os resultados serão alcançados com mais facilidade e você com certeza já terá visto.

Nesse período é interessante que ative e aumente sua resistência muscular utilizando maiores doses de suplementos e aderindo maiores fluxos e pesos nas atividades físicas. Tudo isso deverá ser acompanhado de perto por profissionais.

Seguindo cada tópico desse com foco e determinação, é possível que a remodelagem do seu corpo aconteça num prazo de até 12 meses.

Então força na peruca!

Você consegue!

Como fortalecer a lombar hérnia de disco

O corpo humano é composto por uma complexa estrutura de sistemas, tecidos, órgãos, funcionalidades, entre outras demais categorias de desempenho que visam a promoção de movimentos, bem-estar e sobrevivência.

Quando algum desses pontos se apresenta com desordens, devido a fatores internos ou externos, os desconfortos são destacados com variados pontos de frequência e intensidade, principalmente quando afetam a dimensão da coluna cervical ou espinha dorsal.

Essa área estende-se do crânio até a pelve, através de sete vértebras e discos intervertebrais que se localizam entre elas. O apoio disponibilizado por esses discos, pelos músculos e ligamentos é responsável por absorver os impactos físicos diários de todos os seres humanos.

A região lombar é uma das mais expostas aos movimentos, sendo ainda uma das que mais suportam cargas diante das atividades propostas cotidianamente. Por se tratar de uma área tão fundamental e utilizada, os desgastes se apresentam constantemente, com relevância através da hérnia de disco.

O agachamento ajuda a fortalecer a lombar quando efetuado de maneira correta.
Agachamento.
(Foto: Reprodução)

Os movimentos repetitivos do corpo provocam anomalias nos discos intervertebrais, fazendo com que eles se desloquem do seu lugar, ficando comprimidos em outras dimensões, onde as raízes dos nervos geram pressões intensas sobre eles e por consequência os seguintes sintomas:

  • Dores;
  • Fraqueza;
  • Prostação;
  • Sensação de formigamento;
  • Dor nos braços e nas pernas.

As pessoas que fazem ações repetitivas no trabalho rotineiramente, carregam peso, ficam muito tempo na mesma posição, possuem problemas nos ossos, indivíduos jovens, adultos e idosos são os públicos mais propensos para desenvolver esse tipo de patologia.

O que fazer?

O mais recomendado nesses casos é que a ajuda médica seja procurada o quanto antes. Assim um diagnóstico específico do quadro do paciente poderá ser realizado, destacando o grau que o distúrbio se encontra.

Além da análise clínica, os profissionais envolvidos no diagnóstico irão promover testes de sensibilidade, exames neurológicos, raio-x, eletromiografia, mielograma, etc.

Tratamento

Os procedimentos manipulados para o tratamento variam entre repouso, uso de medicamentos, mudança nos hábitos de vida, sessões de fisioterapia e procedimentos cirúrgicos – em situações mais graves.

Dicas para fortalecer a coluna

  • Manter o corpo sempre na postura correta, ereta;
  • Ter bastante cuidado ao fazer movimentos de levantar, sentar, agachar, levantar;
  • Fazer alongamentos bem devagar regularmente;
  • Optar sempre pelos exercícios físicos que são desempenhados deitado ou em pé;
  • Fazer massagem na região para potencializar o relaxamento muscular;
  • Dormir bem todas as noites, mantendo o repouso e o descanso em dia;
  • Evoluir a intensidade e frequência dos treinos apenas quando o corpo aumentar sua resistência – processo que demora um pouco para demonstrar resultados, portanto, paciência.

Aviso!

As descrições contidas neste artigo servem apenas para pesquisas e estudos. Caso necessite de mais informações e/ou orientações, busque auxílio médico.

Alimentos anticâncer

O câncer é uma das doenças que mais preocupam os seres humanos devido a intensidade que acomete o organismo, proporcionando danos severos a sua estrutura através do crescimento desordenado de células nos tecidos, podendo elas serem neoplasias malignas ou benignas.

Os tumores podem se apresentar em várias partes do corpo ou se manifestar em uma localidade e se espalhar para outras regiões através da metástase. Sua complexidade compreende mais de 100 tipos distintos de enfermidades.

Suas causas são completamente variadas, tendo sempre a interligação de razões intrínsecas e extrínsecas. Atualmente, estima-se que entre 80% à 90% dos cânceres são resultantes de fatores ambientais, pelo contato excessivo a certos compostos, como o cigarro (fumar), a exposição a luz solar, etc.

Alimento anticâncer potente.
Tomate.
(Foto: Reprodução)

Os fatores de risco dos cânceres podem ser herdados ou encontrados no meio externo no decorrer da vida do paciente. Os maus hábitos propiciados no dia a dia são os motivos mais relevantes em relação a determinação dos tipos de tumores.

Os métodos de prevenção e contenção desses transtornos vem sendo estudados e elaborados diariamente por especialistas de todo o mundo. As pesquisas qualitativas e quantitativas, os testes, as coletas e experiências são extremamente relevantes para a busca de saídas que possam auxiliar no tratamento e combate ao câncer.

Uma das últimas descobertas destacadas por esses estudiosos é a lista dos alimentos anticâncer, ou seja, uma recomendação de alimentos que possuem propriedades para a prevenção contra essa patologia, principalmente as que afetam a mama, o pulmão e a próstata.

Para ajudar os pacientes e pessoas próximas a lidar com essa dinamização alimentar, a farmacêutica espanhola María Tránsito López escreveu e publicou o livro: A Dieta Anticâncer-Prevenir é o melhor Remédio. A versão traduzida por Téo Lorent tem cerca de 200 páginas e custa apenas R$ 34,90 reais.

Nesta publicação, além de citar os produtos que podem ser aliados ao combate ao câncer, a autora ainda evidencia estratégias benéficas para a articulação do preparo dos elementos, sua higienização e a quantidade de consumo. Confira a seguir os poderosos alimentos anticâncer citados por María:

Alho: os compostos fitoquímicos apresentados neste vegetal são capazes de persuadir as células cancerígenas, fazendo com que elas se suicidem (pelo processo apoptose). As formações de tumores por consequência são reduzidas, como na região gástrica e mamária;

Chá verde: a catequina é um dos fitonutrientes apresentados nesse chá, sendo um dos compostos que promovem o combate as células cancerígenas por causa do seu poder antioxidante e anti-inflamatório;

Couve: o poder quimiopreventivo das folhas desse vegetal são proporcionados pela sua elevada concentração em glucosinalatos, que ao serem rompidos dão lugar a nutrientes que previnem várias formações cancerígenas, como o indóis e isotiocianatos;

Tomate: este fruto é rico em licopeno e auxilia no combate ao câncer porque consegue proteger as células do organismo, com relevância as encontradas na próstata, diminuindo as chances de proliferação das células cancerígenas;

Uva: a substância encontrada nesta fruta, a resvetratrol, é encontrada nas suas sementes e pele, sendo uma das grandes responsáveis pela prevenção do início do processo canceroso, devido ao seu poder antinutagênico;

Vitamina C: as propriedades antioxidantes dos alimentos que possuem vitamina C (com relevância nas frutas) ajudam a bloquear os efeitos dos radicais livres, além de promover a sua eliminação e prevenir a manifestação de substâncias cancerígenas, como a nitrosamina.

Atenção!

Antes de montar uma dieta com esses alimentos, é importante que um bom médico oncologista, clínico ou outro especialista em tumor seja procurado, porque algumas das propriedades destacadas acima possuem contraindicações para alguns casos.

Importância dos exercícios na terceira idade

Quando a terceira idade bate à porta, a primeira coisa que pensamos é “tenho que ir ao médico”, a segunda atitude é se direcionar a uma farmácia e “encher o carrinho” de remédios. Você certamente já deve ter ouvido falar de idosos que chegaram a 100, 110, 120 e até 130 anos sem nenhum tipo de doença, as reportagens sempre relatam esses casos atípicos.

Talvez (ou com certeza) o desenvolvimento dessas doenças estejam diretamente ligados ao fato de não praticar atividade física. Já parou pra pensar? Segundo estudos de várias universidades especializadas no mundo inteiro, a maior fluência de doenças e distúrbios se dá naqueles que não praticam ou não praticaram exercícios durante sua vida.

A melhor maneira de acabar de uma vez por todas com esse problema, é começar! Não é nada fácil, obviamente a constância dos exercícios é sem dúvidas uma tarefa árdua que merece disciplina e responsabilidade com a própria saúde.

Existem uma porção de benefícios que envolvem o ato de praticar atividade física, dentre eles podemos citar alguns como:

1° Melhora na capacidade de se locomover – Isso significa preferencialmente que seu corpo conseguirá se sustentar sozinho, ainda que esteja em idade avançada. Enquanto muitos idosos precisam de auxílios e apoiadores, aqueles que praticam atividade física possuem maior poder de locomoção e realizam suas atividades cotidianas sem o auxílio de outrem. É sua independência garantida ainda que a velhice esteja chegando.

2° Melhora o equilíbrio da sua estrutura corporal – Você terá muito mais equilíbrio ao se levantar, deitar, andar, cuidar da sua casa, das plantas, ir ao banco, fazer compras, enfim todas as atividades do nosso cotidiano que são tão importantes e as vezes, se torna tão difícil realizar sozinho. O equilíbrio é quem ditará, sem sombra de dúvidas, a sua capacidade de manter-se em pé.

3° Aumenta o nível de atividade física espontânea – Com certeza a sua disposição estará em alta se o corpo está em constante movimento. Isso indica que quanto mais se dispõe ao ato de praticar exercício, mais motivado e naturalmente disposto a tal estará. O importante é sempre dar o pontapé inicial e começar de alguma forma, o que te espera após são só boas surpresas.

4° Aumenta a densidade óssea – Quer ossos mais fortes? Combine a ingestão dos remédios (recomendados por seu médico) com exercícios! Isso fará total diferença, muitas composições medicamentais fazem o triplo de efeito quando ligadas ao ato de movimentação. Um corpo em movimento é capaz de curar doenças por si só e evitar muitas outras.

5° Ajuda a controlar diabetes, artrite e doenças cardiovasculares – Quando a idade chega, com ela vêm vários problemas. Naturalmente, o seu corpo estará mais suscetível e predisposto ao agravamento de quadros, com a atividade física, tudo isso pode ser amenizado ou evitado (na maioria das vezes). Estar bem consigo mesmo permitirá que sua estrutura esteja forte.

6° Melhora a ingestão alimentar – Quando praticamos atividade física, naturalmente há maior gasto calórico e consequente a isso nossa fome aumenta. Praticando atividade, seu corpo estará em melhor momento de trabalho, isso o levará a comer mais e desenvolver massa magra, eliminando naturalmente a massa corpórea indesejada, aquela que chamamos de “gordura”.

7° Diminui quadros depressivos – É natural que durante a terceira idade, principalmente após a aposentadoria, os idosos comecem a desenvolver a depressão. Isso acontece porque sua mente se volta a fase “inútil da vida”, por obterem atividades trabalhísticas por tanto tempo, a aposentadoria se torna um fardo maior do que podem carregar. Isso acarreta até mesmo no desânimo de viver, levando muitos a óbito.

Fora todos esses benefícios “técnicos”, a movimentação física também poderá ser eficaz em outras áreas relacionadas ao corpo em si, sobre a estrutura de nossos órgãos, músculos, pernas, braços, mãos e afins. Por causar fortes problemas como:

  • Fraqueza muscular;
  • Desordens visuais;
  • Anormalidades do passo;
  • Doença cardiovascular;
  • Alteração cognitiva.

O corpo tende a baixar a imunidade do idoso. Isso acaba trazendo a facilidade para o desenvolvimento de outras doenças, até mesmo aquelas que não estão diretamente ligadas aos “sintomas” que orientamos acima. Lembrando da importância das atividades, ressaltaremos abaixo mais benefícios das práticas de modalidades que diz respeito ao corpo, como:

» Fortalecimento dos músculos, pernas e costas – Você terá maior fortalecimento dessas áreas, justamente por criar uma musculatura mais forte e resistente a possíveis quedas, pancadas e torcer dos tornozelos. É muito importante que esteja firme e não desenvolva maiores fraturas, o que certamente ocorre em idosos de baixa imunidade e/ou baixa resistência física.

Exercitar-se na terceira idade, garante uma vida mais longa

Quando você se exercita com frequência na melhor idade da vida, consequente a isso alguns benefícios são provindos ao seu corpo, citamos acima vários deles, destacando agora a longevidade de vida a todos que mantém um corpo em movimento.

Em qualquer idade, já está mais do que comprovado que exercitar-se traz benfeitorias, mas especialmente durante a melhor idade, isso pode trazer mais anos de vida e melhor de tudo, mais anos bem vividos, cheios de saúde e alegria.

Idosos bem cuidados são mais felizes.
Idosos dançando.
(Foto: Reprodução)

Idosos que se exercitam tem mais propensão também ao desenvolvimento das atividades sociais, tendo assim maior capacidade de continuar “vivendo a vida a tona” mesmo depois de envelhecer. Isso porque se tornam pessoas mais bem humoradas, tendo mais responsabilidade com seus corpos e relações sexuais.

Durante essa fase, naturalmente existe uma propensão a terminação do ciclo sexual, aqueles que possuem movimentação diária física, dificilmente se sentem desmotivados a descontinuar suas atividades íntimas, pois seu corpo ainda funciona perfeitamente.

Nesse período, existem vários relatos de pessoas que cessam um casamento duradouro para viver outras experiências que “façam a vida valer a pena”, enquanto alguns casais conseguem remodelar seu íntimo e tornar o casamento uma fase igualmente inspiradora como no início da relação.

Idosos que possuem maior longevidade de vida, também podem acompanhar o crescimento dos seus netos, conviver com bisnetos e ver o envelhecimento dos filhos. Essa é uma experiência impagável e que torna a existência de qualquer ser humano mais válida.

Estima-se também que por causa dessas novas “atitudes fit”, os mais velhos tem aumentado sua população no Brasil, isso também é decorrente de campanhas feitas pelo Governo Federal que estimulam o controle de natalidade.

Se os idosos estão vivendo mais, é extremamente importante que mais esse período da vida seja vivido com qualidade e bem estar.

Como escolher um modalidade adequada para minha idade?

Essa é uma pergunta mais que comum. Para definir uma boa resposta, é indispensável tenha ciência de todas as suas limitações físicas, isso quer dizer que se existe algum problema clínico relacionado a suas articulações, é indispensável que tenha acompanhamento médico.

Também pode ser que seu sistema respiratório esteja sendo afetado, o que impede que haja o efetuamento de exercícios intensos que possam estimular a necessidade de uma respiração perfeita. Portanto, uma bateria de exames é o mais indicado antes de procurar uma modalidade fit.

Depois de haver reconhecido todas as suas limitações, é hora de fazer uma minuciosa avaliação de seus gostos pessoais, “tá, mais o que isso tem a ver?” TUDO! Quando você se força a efetuar uma atividade física que não é de seu interesse, certamente não será consistente nela.

Existem idosos que se identificam com os jogos de futebol, enquanto outros preferem dançar. Existem também outros esportes que muito os motivam como as corridas, natação, ciclismo, spinnig, modalidades de academias, lutas, etc.

Dica: Antes de optar pela atividade a ser feita, procure experimentar todas as modalidades possíveis, desde danças como samba de gafieira e salão, até mesmo esportes mais “agressivos e intensos” como as lutas, a exemplo muay thai, boxe, jiu jitsu e mais.

A importância de manter a rotina de exercícios

Não é recomendável que comece um exercício na segunda feira e falhe os demais dias da semana. Para que haja os benefícios citados anteriormente, é extremamente importante que adapte sua rotina as atividades e não o contrário.

Recomendamos que procure organizar perfeitamente em uma agenda (para não esquecer) todos os seus afazeres diários, envolvendo os respectivos horários para efetuação dos exercícios. Essa agenda impedirá que se esqueça das aulas ou ainda não se prepare para o horário.

Na terceira idade, é comum que os idosos mantenham uma rotina doméstica, isso pode acarretar até mesmo numa depressão pós-aposentadoria, o que geralmente acaba levando muitos a morte. Portanto, organize-se e se empenhe.

Alimentação vs Exercícios Físicos

Está totalmente fora de cogitação que você não mantenha hábitos alimentícios saudáveis, ainda que esteja diante de um percurso de atividade física diária. Comer errado não traz apenas gordurinhas extras, mas também motiva seu corpo a desenvolver doenças. 

Isso significa que a obesidade poderá se desenvolver rapidamente, o que não é nada interessante, principalmente em pessoas que já estão em sensibilidade corporal devido a idade avançada. Portanto, prefira sempre alimentos ricos em carboidratos bons.

» Quais são os carboidratos bons?

Os carboidratos bons ou saudáveis são todos aqueles que NÃO possuem densidade. Esses geralmente não se encontram com adicionadas e elevadas quantidades de farinha de trigo e não envolvem o arroz. Lembrando que esse não traz benefício algum à saúde.

Apesar de “sustentar”, o arroz (exceto o integral) não traz nenhum tipo de nutriente a seu corpo. Isso significa que se você está pensando em retirá-lo da sua alimentação, o faça sem dó nem piedade, ainda mais se o seu peso está fora do normal.

Prefira sempre alimentos que possuem baixa taxa de índice glicêmico, isso resulta não só na melhora do seu intestino (funcionamento), como também evita possíveis acúmulos de gordura desnecessários (principalmente nos homens que costumam comer em maior quantia).

» Lista de carboidratos de baixo IG

  • Cenoura crua
  • Brócolis
  • Pepino
  • Berinjela
  • Espinafre
  • Alface
  • Tomate
  • Repolho
  • Lentilhas
  • Ravióli integral
  • Leite integral
  • Abobrinha
  • Batata-doce
  • Feijão-manteiga
  • Pão integral
  • Ervilha fresca
  • Iogurte com açúcar
  • Maçã
  • Aveia
  • Amendoim
  • Suco de maçã
  • Espaguete
  • Laranja
  • Pêssego em lata
  • Arroz parboilizado
  • Feijão cozido
  • Biscoito de água e sal

Também invista nos alimentos ricos em proteínas, eles ajudam a manter seu corpo mais tempo saciado e trazem infinitos benefícios e energia na hora da efetuação dos exercícios.

» Aplicativos que ajudam a manter uma vida saudável

Existem uma porção de aplicativos fitness que podem ser baixados ao seu celular. Existem duas formas de baixá-los e essa dependerá exclusivamente do modelo do aparelho smartphone. A Play Store é destinada a usuários do Android, enquanto para iPhones o utilizado é o iOS.

Caso você se interesse por qualquer um destes e não sabe como realizar o processo para baixá-los, é só pedir ajuda a alguém que aparentemente entenda melhor sobre o assunto que você, aprendendo poderá fazer sozinho.

Esses aplicativos são importantes por que?

Eles ajudarão primeiramente a lembrá-lo dos respectivos horários para a efetuação dos exercícios físicos, já que conseguem agendar tudo que precisará ser feito durante a jornada, também podem indicar alguns percentuais relacionados a seu estado de saúde atual.

Lembrando que: só comece a utilizar os aplicativos se realmente deseja praticidade em sua vida, se realmente não está inserido neste mundo e não se adequa com perfeição a ele, esqueça! Retorne a agendinha.

Sou idoso e decidi me exercitar, o que eu faço?

Existem uma série de produtos que realmente podem lhe ajudar a começar a praticar os exercícios no conforto de sua casa. Contudo, é possível que se oriente através de um clínico geral para realmente entender suas condições.

Não é necessário que inicie o processo num ritmo acelerado, até porque a terceira idade requer alguns cuidados e procedimentos de atenção. O mais indicado inicialmente é que procure por soluções que estejam condizentes a sua rotina.

Se você tem tempo de sobra, matricule-se em um academia e retire um período entre uma e duas horas diária para se dedicar somente às atividades, mas se o seu dia é corrido e falta tempo para organizar uma atividade, a melhor opção é promover tais exercícios no conforto de seu lar.

Existem atualmente diversos programas que ajudam você a manter o corpo saudável, sem sair do conforto. Alguns deles necessitam de apenas 15 minutos do seu dia e representam resultados de altíssima qualidade em até oito semanas.

Se você se interessa realmente por essa área e não tem tempo, comece agora mesmo a fazer uma pesquisa e conheça depoimentos de pessoas que já passaram por tais programações articulares. Lembrando também, que alguns deles são voltados inteiramente aos idosos.

Isso significa que foram elaborados exercícios minuciosamente perfeitos para as principais limitações da terceira idade. Isso poderá o ajudar e serão benéficos de maneira geral em sua vida.

Só pra checar!

Por fim e não menos importante, vá sempre ao médico. Você sabia que descobrir uma doença em seu estágio inicial pode evitar até mesmo que ela o leve a morte? Pois é, é de extrema necessidade que esteja focado em sua saúde.

Em todas as fases da vida, manter-se saudável é importante, mas na terceira idade isso toma o dobro de proporção. Portanto, ainda que não esteja com nenhum sintoma e não apresente quaisquer desconfortos, vá ao médico.

Uma bateria de exames deve ser feita em cerca de seis em seis meses, principalmente aos idosos que ultrapassam a faixa de 60 anos. Também é importante que trate com cuidado das enfermidades que já possui, ainda que elas sejam “comuns”.

Confira sempre:

  • A pressão
  • O colesterol
  • A glicose no sangue

Casos esses três pilares estejam em perfeito estado, cuidar dos demais será moleza, principalmente se a sua rotina é mantida com uma quantidade relevante de atividade física aliada a uma alimentação saudável.

Não ter com o que se preocupar é o mais importante para evitar os limites de estresse e manter o seu emocional equilibrado. É interessante também que mantenha uma fé e organize sua espiritualidade, pois tudo isso tem diretamente ligação ao corpo.

Em casos de quaisquer dúvidas específicas, é interessante que procure seu médico assim que essas aparecerem. Os postinhos públicos de saúde estão sempre a disposição, usufrua desse benefício do Governo Federal.

Também é interessante que mantenha um cuidado com a saúde bucal, já que os ossos ficam mais fracos nessa idade e isso se torna degradação dos dentes.

Lembre-se, a felicidade está em viver bem, aproveite sua vida ao máximo que puder com responsabilidade e organização, dessa forma viverá mais e melhor! Exercite-se!

Comer carboidrato antes ou depois do treino?

Comer carboidrato, antes ou depois do treino? Essa é uma pergunta muito comum no mundo fitness, principalmente para quem está querendo “crescer”, se tratando de músculos. Toda alimentação e dieta deve ter quantidades necessárias de carboidratos e proteínas.

Contudo, a forma e quantidade de ingestão desses alimentos (ricos em nutrientes) é que determinará os efeitos no seu corpo. A regrinha é muito simples, para chegar a seu objetivo basta saber:

Mais carboidratos = Mais gordura corporal

Mais proteínas = Mais massa magra

O que devo entender com isso?

Se você quer engordar (ganhar massa magra), tenha uma alimentação balanceada, com grande ingestão de carboidratos, mas também em quantias significativas de proteína. Do contrário, se quer emagrecer, tenho menos ingestão de carboidratos e mais ingestão de proteínas.

Isso ajudará a equilibrar o seu peso da maneira que desejar. De qualquer forma, a alimentação é extremamente importante e ajuda significavelmente no processo de engordar ou emagrecer. Quem precisa emagrecer, é bom que invista principalmente nos exercícios aeróbicos, enquanto quem deseja criar foque na musculação.

E o carboidrato? Como antes ou depois do treino?

Sabendo de tudo que fora denotado acima, é fácil responder a essa pergunta. Se você quer perder peso, é indicado que coma carboidratos antes do treino e proteínas depois do treino. Durante o treino é recomendável apenas que faça ingestão de líquidos, sejam esses sucos, chás ou água mineral.

A carne vermelha é super indicada para quem deseja ganhar massa magra.
Carne vermelha, fonte de proteínas (Foto: Reprodução)

Já quem deseja aumentar a massa, importante mesmo é que faça ingestão de carboidrato + proteína antes do treino e carboidrato + proteína depois do treino. Alguns orientadores indicam que haja a alimentação durante o treino, outros não. Converse com o seu instrutor e pergunte sobre sua necessidade.

É bom também saber as quantias a serem ingeridas. Comer demais antes do treino pode deixá-lo pesado para o cumprimento da atividade física, comer muito após o treino pode dar adeus a todo o seu esforço físico. Portanto, sem segredos, o equilíbrio é a chave.

Se você faz acompanhamento com um profissional da área de nutrição, ficará ainda mais fácil descobrir o que comer. Cada pessoa tem um tipo diferente de metabolismo, ou seja, o organismo pode agir mais rápido ou mais lento de acordo com o seu tipo, o que pode ajudar ou atrapalhar a dieta.

Com as orientações indicadas acima é possível que os alcance mais rápido, lembrando sempre que o esforço tem que ser feito como um todo. A quantia exata para cada caso dependerá exclusivamente do desenvolvimento da atividade física e de quanta energia isso lhe consumiu.

A matemática será sua principal aliada, por isso é bom fazer avaliações físicas, cronometrar tempos, procurar se informar sobre quantias de calorias perdidas e outros pontos indispensáveis para ter um bom desenvolvimento, e consequentemente, chegar a seu objetivo de forma mais rápida.

Não esqueça de comer de 3 em 3 horas, tomar cerca de 2 litros de água ou mais por dia, optar por sucos termogênicos e fazer grande ingestão de verduras, frutas e outros alimentos saudáveis, principalmente os ricos em proteínas como ovos, carne, queijo, etc. Somente o seu esforço será capaz de levá-lo ao corpo que sempre sonhou!

Dieta emagrece mais que exercício físico

Uma dúvida cruel na hora de perder peso está entre: diminuir a quantidade de comida ingerida diariamente ou focar ainda mais nos exercícios físicos? Sabemos que um não pode ser totalmente satisfatório sem o outro, mas há sempre aquele que tem um poder mais intensificado em nosso corpo.

Segundo estudos, não há possibilidade de emagrecimento sem controle da alimentação. Esse fato ainda denota que cerca de 70% da nossa alimentação é responsável pela perda de peso, ou seja, mesmo que você malhe cerca de 3 horas por dia, mas não tenha uma alimentação balanceada, dificilmente perderá peso.

Da mesma forma devemos dar os “créditos” aos exercícios físicos. Considerando que eles são responsáveis por queimar calorias, por exemplo, se você fez a ingestão de 2500 calorias num dia, malhar cerca de 2 horas chega a ser satisfatório, mas não o suficiente para queimar todas as calorias necessárias.

Portanto, deve levar em consideração cerca de 70% a mais sua alimentação. Ela é extremamente importante para que o corpo queime gordura, a pouca ingestão de carboidratos é que melhor fará seu corpo responder.

Então o que fazer para emagrecer mais rápido e com saúde?

Simples! Você precisará apenas diminuir a quantidade de carboidratos, aumentar a quantidade de proteína magra e intensificar os exercícios físicos aeróbicos. A regra é básica, não existem métodos milagrosos, apenas bom senso e foco durante o período de emagrecimento.

Uma dúvida que sempre paira a cabeça de quem deseja emagrecer.
O que emagrece mais? (Foto: Reprodução)

Os finais de semana costumam ser o maior pecado, pensando nisso, é extremamente importante que você se contenha durante esse tempo mais “folgado” da semana. Dependendo da quantidade de peso acima do ideal que tiver, não deverá ter “dia do lixo”, do contrário aproveite um dia nos fins de semana e coma “o que quiser”, tudo moderadamente.

De toda forma, é importante ter cuidado até mesmo com a dieta que escolheu. Alguns tipos de dietas extremamente restritivas são capazes de fazer com que seu corpo não queime gordura, pelo contrário, acumule para que obtenha energia. Esse tipo é o mais comum em revistas de beleza e fazem um grande mal a saúde.

O primeiro passo é descobrir dois pontos importantes:

  • Quantidade de carboidratos ingeridos por dia
  • Quantidade de calorias ingeridas por dia

Quando você começa a controlá-los e perder calorias durante os treinos aeróbicos, rapidamente poderá ver resultados, ainda na primeira semana. Contudo, é extremamente importante que haja o acompanhamento com um nutricionista, considerando que dietas erradas de extremo baixo índice glicêmico podem resultar em desnutrição.

A desnutrição é ainda mais grave. De qualquer forma, seu corpo precisa estar organizado de forma que consuma a quantidade exata e elimine aquilo que não for proveitoso. Procure sempre estar informado por profissionais e faça acompanhamento tanto na dieta, quanto nos exercícios.

Como medir as medidas do corpo?

Para saber exatamente quais são as suas medidas, é importante entender que existem lugares corretos a serem medidos. O primeiro passo consiste na marcação de cada lugar. Sabendo quais são eles, será mais fácil entender quais os pontos que definem a circunferência do seu corpo, facilitando até mesmo o controle do processo de perda/ganho.

Há especificamente 10 pontos corretos que definirão a sua modelagem, esses são:

  • Tórax ou Busto
  • Cintura
  • Quadril
  • Braço
  • Pescoço
  • Coxa
  • Altura do ombro a cintura
  • Altura do ombro a cintura (costas)
  • Altura da cintura ao joelho (costas)
  • Panturrilhas

Mas saber quais são os pontos não resolve totalmente o nosso problema, já que nesse caso estamos procurando números precisos. É por isso que até nesses locais existem o ponto certo de medir. Quando você o descobre, facilita todo o trabalho e com o tempo, pode até se acostumar sem precisar de uma “cola” na hora de tirar as medidas novamente.

Vamos aos pontos corretos:

Busto – Sempre faça a medição na altura onde estão os mamilos.

Tórax – O tórax precisa ser medido precisamente onde está a dobra abaixo das axilas.

Tire suas medidas com precisão!
Medidas (Foto: Reprodução)

Braços – Há dois tipos de medição nos braços, contraídos e relaxados. Meça o braço um palmo abaixo do ombro, das duas formas, em contração e relaxado.

Cintura – A medida da cintura dependerá do sexo, nas mulheres ela se localizada um palmo (da mão feminina) abaixo dos mamilos dos seios. Enquanto isso, os homens possuem cintura um palmo fechado (masculino) abaixo do umbigo.

Abdômen – O abdômen se localiza entre duas regiões, a do umbigo e a dos ossos do quadril. Organize os pontos da fita entre o meio.

Quadril – Todo quadril, seja do corpo feminino ou masculino possui um osso que limita sua região. Procure-o e meça por ele.

Coxas – As coxas masculinas podem ser contadas em 20 centímetros abaixo do quadril. Enquanto para as mulheres, a contagem pode ser feita em um palmo abaixo do início da virilha.

Panturrilhas – Para encontrar a medição das panturrilhas é muito simples. Basta procurar o meio da perna entre joelho e calcanhar.

Dicas importantes

Você jamais conseguirá se medir totalmente sozinha. Além da fita métrica condizente e de acordo com seu tamanho, será necessário que peça ajuda a alguém (ainda que essa pessoa não tenha experiência), pois existem alguns pontos nas áreas traseiras do corpo onde a fita deve ser posicionada corretamente.

Se você não tem ajuda, ficará ainda mais difícil ter medidas exatas. Uma boa dica é pagar pelo serviço, as academias de ginástica disponibilizam o serviço de medidas do corpo por um valor referente a R$20. A medição deve ser feita cerca de 2 em 2 meses, ou de 1 em 1 para quem possui treinos intensos e dieta regrada (já que os resultados virão mais rápido).

Aprenda o segredo para substituir gordura por músculos

Trocar gordura por músculos? Como?

Um corpo bem definido hoje em dia é o sonho da maioria das pessoas. É por isso que vemos cada vez mais as academias lotadas. Contudo, muitas dessas pessoas ainda tem dificuldades em relação ao índice de gordura corporal e como transformá-la em músculos. Não há nenhum tipo de milagre, para chegar até lá é preciso muita disciplina e até mesmo abrir mão de momentos prazerosos ao lado da comida.

Os segredos para o ganho de massa muscular é o mesmo. A alimentação deve ser bastante equilibrada juntamente com treinos puxados de musculação. Dentre as recomendações existentes por aí, somente algumas delas realmente tem efeito e lembrando sempre que esses são vistos a longo prazo, não adianta pensar que começou hoje vai notar diferença diante do espelho ou na balança amanhã, isso requer tempo e esforço de sua parte. Vamos às dicas!

1° – Não se engane com o seu peso sobre a balança – muita gente acredita que o peso tem total relevância no que diz respeito a gordura corporal. Muitas vezes, ela pode ser maior que a massa magra e você não aparentar, simplesmente porque esse tipo de gordura é mantido no corpo. Embora tenha uma aparência magra, pode estar longe de ser uma pessoa saudável.

Somente com muito treino você obterá resultados.
Treino (Foto: Reprodução)

2° – Faça uma avaliação física – em qualquer academia é possível que consiga uma avaliação com relação a seu corpo. Entenda como ele tem funcionado, o que é gordura e precisa ser perdido e o que deve manter. É uma forma simples de iniciar uma dieta específica e condizente com a sua necessidade.

3° – Proteína já! – a proteína é poderosíssima na construção de músculos. Se realmente deseja de ganhar massa magra, é importante ter uma dieta específica baseada especialmente nesses tipos de alimentos. Eles ajudam a criar não só massa magra, mas também a expulsar as gorduras extras e desnecessárias que seu corpo vem mantendo.

4° – Prefira gorduras saudáveis – parece contraditório dizer que existem gorduras saudáveis, mas isso é sem dúvidas uma realidade. Prefira gorduras como azeite de oliva ou aquelas encontradas em alimentos como o peixe, milho, soja, etc. Também encontrará parte dela em abacates, linhaça, semente de chia e atum.

5° – Acelere seu metabolismo – quando fazemos o aceleramento do metabolismo, fica mais fácil queimar gordura. Isso permitirá que as células, onde existe presença de gordura, sejam esvaziadas dando espaço para músculos. O que consequentemente tornará o seu corpo definido e muito mais bonito.

6° – Vamos suar a camisa, mocinha! – Malhar, malhar, malhar esse é o lema de quem deseja definir o corpo e ganhar massa magra. Não existe outra solução simples, para se manter bem e definir cada ponto do corpo é preciso suar a camisa. Converse com o seu instrutor e peça um treino de orientação que invista ainda mais de seu tempo em treinos de musculação, não se esquecendo dos aeróbicos eficazes na delineação do corpo, já que são mais eficientes no emagrecimento.