Panqueca de chocolate sem carboidratos

O Carboidrato tem como função principal o fornecimento de energia para o corpo e também o controle da quantidade de gordura presente no mesmo. E devido a isso, não é possível estar fazendo altas ingestões de alimentos que o contenha, ainda mais quando se esta seguindo a risca uma reeducação alimentar ou dieta.

Segundo a Organização Mundial de Saúde a necessidade diária do consumo de carboidrato se situa em torno de 6 a 7g por quilo de peso, e em relação ao valor calórico total da dieta, em aproximadamente 50 a 60%. E apesar de parecer muito, ele deve ser contado por grama, pois passado somente uma se quer fora do limite pedido da dieta, pode-se perder o rumo do objetivo almejado.

Verifique a seguir, uma receita de como fazer uma panqueca de chocolate sem carboidratos.

Receita (Panqueca de chocolate sem carboidratos)

Cuidado com o excesso de chocolate.
Créditos da Imagem: http://pinterest.com/pin/161918549075496524/
(Foto Divulgação)

Ingredientes

Massa

✦ 03 Claras

✦ 01 Ovo inteiro

✦ Azeite

Recheio

✦ 01 colher de sopa de chocolate picado amargo. 

Modo de Preparo (Passo-a-passo)

✦ 1° Passo:  Coloque em um recipiente de vidro as claras do ovo e o ovo inteiro. 

✦ 2° Passo: Bata com auxílio de um garfo ou batedeira (potência leve), todos os  ingredientes citados acima, até que os mesmos fiquem com uma consistência leve, formando quase que uma espuma. 

✦ 3° Passo: Coloque apenas um fio de azeite na frigideira já pré-aquecida, e o espalhe bem por toda a superfície da mesma. 

✦ 4° Passo: Despeje a massa feita com o ovo e claras, e a deixe fritar por cerca de dois minutos, logo depois a revire e faça o mesmo com o outro lado. 

✦ 5° Passo: Feita a panqueca, inicie o recheio. Pegue uma colher ou concha e coloque o chocolate dentro e leve diretamente ao fogo, para que ele derreta. 

✦ 6° Passo: Derretido o chocolate, espalhe-o na panqueca e pronto. 

✖ Observação: Caso queira que ela fique mais sequinha, basta levar ao forno já pré-aquecido em 180° graus por cerca de 10 minutos no máximo.

A receita citada acima, vale apenas para uma única unidade. Para fazer mais, basta aumentar a quantidade de cada ingrediente. O tempo de preparo e de aproximadamente 25 minutos.

Evite esses Carboidratos Para Emagrecer em 8 dias

 

É comum vermos pessoas que desejam emagrecer cortando de vez alimentos ricos em carboidratos de suas dietas, como cereais, massas, arroz, pão, entre outros, tudo isso porque acreditam que eles provocam um ganho de peso maior que os outros alimentos.

Sim, é verdade, os carboidratos são capazes de fazer uma pessoa engordar, porém somente quando é consumido de forma não moderada. O excesso de um alimento tão rico em carboidratos te fará engordar caso o consumo não seja condizente com o padrão do seu gasto energético diário.

Mesmo que os carboidratos em excesso engordem, eles são fundamentais para qualquer dieta, tendo em vista que são a principal fonte de energia que o organismo humano utiliza durante o dia. Assim, uma dieta que é pobre em carboidratos tende a gerar sensações de fadiga e cansaço físico e psíquico.

ali

Confira a seguir a lista dos alimentos que são creditados com o maior teor de carboidratos e provocam grande aumento de peso conforme a cultura popular:

Arroz

É difícil dar uma resposta concisa a respeito do arroz engordar ou não, uma vez que ele colabora sim para o ganho de peso, no entanto esse fator vai depender rigorosamente da quantidade que será consumida diariamente.

Tal impacto também tem influência diretamente no conteúdo fibroso do arroz. Por exemplo, o arroz integral se trata de um tipo de grão que é industrializado, mas não perde a sua fibra natural, diferente do arroz branco que passa por processo onde o farelo e o gérmem são retirados, tornando este um tipo de grão incompleto.

Batata

Assim como o arroz e qualquer outro tipo de alimento, a batata só vai ter fazer engordar se for consumida em excesso. Essa é uma verdade constante para qualquer tipo de comida, sejam cupcakes, pizzas, feijão, carne e assim por diante.

Quando ingerida em abundância é bem provável que o batata provoque um aumento no peso, no entanto ela não contém carboidratos ruins, não é imanentemente uma substância engordativa e não é um vegetal a ser retirado da dieta das pessoas, uma  vez que é um grande fonte de potássio.

Macarrão

O macarrão tem em sua consistência quatro tipos diferentes de carboidratos em apenas um grama, mesmo seu cozimento sendo preparado na água, o qual é a forma mais saudável, ele é um agente que pode provocar ganho de peso e em muitos casos até mesmo obesidade.

Deixando de lado o molho, três pegadores de macarrão contém cerca de 600 calorias, isso dá uma porção rasa em um prato. Quando adicionamos o molho que pode conter óleo, manteiga, queijos e outros acompanhamentos, o prato ultrapassa a casa das 1.200 calorias.

Polenta

A polenta é feita de fubá, uma farinha fina que pode ser constituída de milho, arroz, mandioca, entre outros. Este é um alimento que independente da quantidade, provavelmente provocará um ganho no peso, pois além de ser uma grande fonte de carboidratos, que posteriormente serão transformados em açucar, seu teor calórico também é bem alto.

Farofa

Como a farofa costuma ser preparada com manteiga e miúdos, o teor de gordura deste prato é elevado, sem contar que a farinha que é oriunda da mandioca ou do milho, que  também são uma grande fonte de carboidratos.

A quantidade de calorias e carboidratos de uma colher de farinha corresponde ao dobro de uma de arroz, isso sem incluir outros elementos que costumam a acompanhar, como o bacon, linguiça e ovos que dão um sabor especial ao prato.

> O segredo fica portanto em comer os carboidratos em uma quantidade adequada e em combinação com diversos outros grupos de alimentos, quanto mais colorido um prato estiver, mais nutrientes você estará consumindo e a sua alimentação estará mais saudável.