Como definir barriga mais rápido na academia

Uma barriga de tanquinho, como dizem por aí… quem não quer? A primeira regra é ter foco e persistência, sem ela não haverá resultado. A segunda regra é esquecer os exercícios feitos de qualquer maneira e aquela dieta maluca que você fazia até ontem.

Pessoas que possuem o hábito de fazer exercícios errados e de manter uma alimentação inadequada, perdem todo o seu tempo e não ganham nenhum resultado. Posto isto, é importante pensar também na saúde e não somente na estética.

Hoje, é normal encontrar homens e mulheres a procura da barriga perfeita. O objetivo principal é ter uma barriga definida com curvas e músculos. Sendo assim, a seguir, falaremos como definir a barriga mais rápido na academia, porém, com saúde.

Para definir a barriga é essencial focar na região do abdômen que possui três partes importantes, que são:

Mulher magra

• Reto do abdômen
• Abdômen oblíquo
• Infra

Estamos falando nessas três partes do abdômen, porque ao praticar exercícios físicos nessa parte do corpo, as três estão sendo trabalhadas. Com isso, entenda que boa parte da gordura do nosso corpo está localizada no abdômen.

Em um mês é possível perder a maioria da gordura localizada, mas para isso é preciso seguir as instruções a seguir:

O agachamento ajuda a fortalecer a lombar quando efetuado de maneira correta.

• Pratique exercícios físicos, principalmente que estejam ligados ao abdômen. Faça agachamento, rosca para bíceps, tríceps e outros parecidos.

• Aumente os gastos calóricos nos exercícios. Tenha em mente que quanto mais você fizer agachamento, correr ou pedalar, vai estar perdendo mais a gordura do corpo.

• Faça exercícios mais carregados, para atingir o abdômen desejado. Por exemplo, te dará mais agilidade na perda de gordura fazer trinta minutos de esteira na academia do que correr no calçadão por uma hora.

• Faça uma dieta adequada que te fará perder peso com saúde. Neste caso, procure um nutricionista, ele passará uma dieta apropriada. Geralmente, as academias dão indicações de excelentes nutricionistas, busque orientações na sua academia.

• Faça esses exercícios de duas a três vezes por semana, sendo de três a quatro séries de dez a doze repetições. Logo, não deixe de frequentar a academia, nenhuma desculpa é válida, tenha determinação e não desanime. No entanto, não deixe de dar um certo descanso ao abdômen, pois do contrário, poderá causar uma séria lesão.

Importante:

Para ter um abdômen definido você precisará respeitar alguns pontos como boa alimentação e prática correta de exercícios físicos

• Em um mês seguindo todas as instruções acima e não faltando a academia, você perceberá a diferença do seu abdômen. Pode não parecer, mas fazer exercícios que envolvem o abdômen e outras partes do corpo, junto a uma dieta adequada e saudável, trará a você resultados nunca imaginados.

• Você não ganhará resultados diante os exercícios físicos se não reduzir a porcentagem de gordura, por isso manter uma dieta adequada é essencial.

• Procure comer alimentos saudáveis e evite de todas as formas alimentos processados.

• Faça sempre exercícios aeróbicos, pois exercício cardio é fundamental para queimar gorduras do corpo todo, por exemplo, exercícios cardio com intervalo de trinta a quarenta minutos por dia, queimará a gordura e te fará perder peso em pouco tempo.

• Criar músculos abdominais é essencial para um abdômen perfeito, principalmente depois de perder toda a gordura do corpo, pois os músculos estarão visíveis e a musculação irá defini-los de uma vez.

• Entre tantos exercícios para o abdômen, basta procurar um que funcione melhor para o seu corpo.

Como travar a barriga feminina?

Como travar a barriga feminina?

Toda mulher sonha em algum dia ter um corpo perfeito e a tão desejada barriguinha travada. O que a gente não deseja mesmo, é ter que cuidar da alimentação, fazer exercícios físicos durante 6 vezes por semana e tomar em média 2 litros de água diariamente, mas todo sacrifício é válido.

Essas são coisas que todos sabemos, só basta colocar em prática. Contudo, o problema mora aí, colocar em prática. Desde já, digo que é IMPOSSÍVEL obter resultados se não houver muita disciplina e empenho de sua parte.

Através deste artigo daremos algumas coordenadas de como chegar a seu objetivo sem precisar perder tempo com práticas erradas. Claro, com base em sua alimentação, na quantidade de água ingerida ao dia e também a relação com os exercícios físicos.

Para chegar a seu objetivo, é necessário que respeite uma porção de regras.
Barriga definida (Foto: Reprodução)

Antes de mais nada, o ponto CHAVE para chegar até onde deseja é a alimentação. A alimentação tem peso de 80% na sua luta, sem ela é praticamente impossível definir os músculos da barriga e muito menos travá-la.

Você precisará de uma dieta rica em proteínas com pouca quantidade de gorduras e carboidratos. Depois disso, o consumo de água é totalmente influenciável. E por fim, não menos importante, os exercícios físicos. Apesar de serem menos responsáveis pela definição, ainda são indispensáveis.

Tipos de abdominais (superior/ inferior) que podem lhe ajudar:

  • Elevação de quadril com pernas estendidas
  • Pernas alternadas
  • Pernas unidas
  • Abdominal com pés fixos
  • Abdominal lateral com pés fixos
  • Pernas e troncos simultâneos

Seguir 3 séries (de 30) de cada exercícios diariamente fará com que você tenha ótimos resultados. Acompanhe isso com musculação frequente, boas noites de sono, proteínas magras e de maneira nenhuma faça ingestão de bebidas alcoólicas, principalmente a cerveja.

Alimentos que queimam gordura da barriga

Atualmente ninguém mais quer saber de ter aquela famosa barriguinha e a ordem do momento é seca-la quem a tiver. Por vezes chega a ser cômico ver algumas pessoas, que passaram por nossas vidas, dizendo e postando em redes sociais que pegaram pesado na academia, que estão focados para conseguir almejar tal objetivo. E quando vamos analisar o que eles fizeram, vimos que boa parte da conduta da perda de gordura da barriga  realizada da maneira errada.

Nos deparamos com muitas pessoas que mudaram o seu estilo de vida, depois que conheceram, o que é malhar de verdade.
Amantes da academia (foto:reprodução)

  Será que todo esse esforço do contra compensa?

 Por um lado, trabalhar o corpo é ótimo porém o que muitos não levam a sério é a maneira de como fazem isso. Eles acham que somente ir na academia e malhar durante uma ou duas horas está ótimo, mas não é bem assim. Se você está nessa direção, mas quer partir para o lado correto, siga as dicas.

Dicas

Comece pelo o que come. Tente diminuir tudo que é industrializado, fritura, gordura, açúcar e até mesmo o sal. Procure por alimentos saudáveis e mantenha uma boa distribuição de nutrientes pelo corpo.

Na maioria das vezes o que causa as doenças mais graves e que pode levar os humanos a morte é o alimento industrializado.
Alimentos industrializados (foto: reprodução)

 Fazendo isso, você  mesmo irá notar a diferença no funcionamento de seu corpo como um todo.

Alguns dos alimentos mais indicados para ser digerindo são: o feijão preto, aveia, banana, amêndoas, toranja, ovo, chocolate amargo, abacate, leite desnatado, queijo de cabra, a laranja, quinoa, frutas vermelhas, chá verde, vinho, integrais, peixe, gengibre e água mineral.

Alimentos Saudáveis- Foto Reprodução
Alimentos saudáveis (foto: reprodução)

E depois de ter cuidado da alimentação, comece a verificar os seus hábitos alimentares e a maneira de malhar. Veja se é realmente necessário aquela série de exercícios.  Cuide de tudo aquilo que está fazendo para que no fim tudo dê certo.

Alimentos Naturais- Foto Reprodução
Alimentos Naturais (foto :reprodução)

Como secar a barriga em 1 mês?

Secar a barriga em 1 mês

Quem nunca se deparou com o ponto em que estava acima do peso e com a barriga muito aparente e tinha apenas 1 mês para aquela festa tão esperada, que atire a primeira pedra. Se esse é o seu caso, saiba desde já que o ponto principal para “secar” a barriga em 1 mês é a alimentação combinada de um treino intensivo.

Antes de mais nada, procure o seu instrutor (se você tem o hábito de frequentar uma academia) e peça para que o profissional organize um treino específico com essa finalidade. Caso não faça nenhuma atividade física, é hora de começar! Depois de preparado todo o seu treino, vamos à parte mais importante: a alimentação.

Você com toda certeza já deve ter ouvido falar de carboidratos, eles são os principais responsáveis pelo acumulo de gordura localizada, principalmente na região abdominal. Exatamente por isso, você terá que CORTAR todos os alimentos ricos em carboidratos se quiser realmente abaixar seu peso e secar a barriga.

A barriga chapada é um desejo da maioria das mulheres, mas chegar até lá, muito exercício físico e alimentação correta se faz necessária
Barriga chapada (Foto: Reprodução)

Prefira sempre alimentos ricos em proteínas como ovos, queijo, leites e derivados. Não pense que trocando um alimento comum, por alimentos integrais pode resolver o problema. Os alimentos que estão classificados como tal, geralmente apresentam também índices bastante altos de carboidratos, por isso, evite a todo custo.

A ingestão de água também é indispensável. Desta maneira você poderá eliminar a possível retenção de líquidos do seu corpo. Procure ingerir no mínimo 2 litros de água diariamente. Existem alguns alimentos que permitem que o corpo desinche também, opte por eles.

O seu metabolismo também pode ser acelerado comendo os alimentos certos e seguindo uma dica infalível: assim que se levantar, tome um copo de água gelada antes de qualquer refeição e até mesmo da escovação dos dentes. A água gelada permite que você estimule o seu metabolismo a funcionar de maneira mais rápida.

Como perder barriga

Atualmente vivemos em uma sociedade regimentada por padrões de beleza, entre eles a forma física sarada. Ter o corpo escultural se tornou um valor e muitas pessoas para se enquadrarem nesses esteriótipos, vão paras as academias e apostam em dietas muitas vezes perigosas. Sem dúvida uma das metas mais difíceis de alcançar nesse intento é a tal barriga chapada, muito porque é nessa região onde normalmente se alojam as maiores porcentagens de gordura, fator muitas vezes corroborado pela pré disposição genética do indivíduo.

Embora pouca gente saiba a capa de gordura corpórea em quantidades moderadas é importante para o funcionamento de diversas funções essenciais do nosso corpo, elas auxiliam no processo de quebra de substâncias lipossolúveis na digestão, fabricação hormonal, proteção contra impactos mecânicos, regulação da temperatura interna, reserva de energia, entre outras coisas. Com isso da para especular porque nosso organismo tem uma tendência maior a formar o pródigo culote, que com maus hábitos ajudamos a abastecer.

Existem três pilares básicos para que se perda gorduras, e o ganho em qualidade de vida, alimentação, exercícios e descanso, antes de versar sobre isso, precisamos ressaltar que estamos aqui abordando métodos benévolos a saúde, não procurando atalhos qu,e geralmente leva a consequências mazelosas, por exemplo, esteróides, redutores de apetite, dietas duramente restritivas, coisas que devem se possível nunca serem cogitadas e se forem, somente em casos estremos de indicação médica.

Alimentação

Se seu desejo é emagrecer apenas para o verão, ao por alguns dias, recorra as dietas da moda, contudo, se o que aspira é uma mudança duradoura a ideia e mudar a alimentação, também de forma permanente. O primeiro passo é estabelecer horários corretos para as refeições, segundo os nutricionistas devemos nos alimentar de duas ou de três em três horas, e há uma explicação pertinente para isso: quando ficamos longos períodos sem comer habitualmente, nosso organismo passa a acreditar que tem que reservar energia ( em forma de gordura) para conseguir se manter entre as refeições, isso também gera uma diminuição no ritmo metabólico, e o sobrepeso, já com a adoção de refeições mais próximas, passamos a ficar o tempo inteiro saciados e evitamos os exageros da gula, nosso corpo passa a não mais estocar tanto energia, frendo o ciclo.

Contudo, não basta saber apenas a hora de comer, mas também o que comer. Primeiramente fuja das guloseimas e carboidratos simples, estes por ser de rápida absorção são rapidamente metabolizados e agregando a capa adiposa. Evite também as gorduras trans saturadas e saturadas, que além de proporcionar um alto ganho calórico, podem aumentar as chances de varias doenças.

Prefira carboidratos de cadeia ramificada encontrados principalmente em cereais, massas, legumes, cereais e arroz, mas também sem exageros. Nas gorduras prefira as insaturadas, presente por exemplo no azeite, que são ricas em colesterol bom, que combate o mal colesterol, dando a você um melhor funcionamento orgânico. As proteínas também são de suma importância nesse processo, principalmente se não quer perder massa muscular, por serem difícil de quebra exigem uma maior necessidade de energia fazendo com que os estoques sejam acionados.

Exercícios

Com a remodelagem do cardápio descobrimos como para de estocar a gordura, mais ainda precisamos livras daquelas preexistentes, e é ai que entram os exercícios. Nesses tocante as atividades aeróbicas fazem sucesso, por promover um maior gasto calórico e energético. Assim tente unir, a um esporte que você já goste de praticar, por exemplo cooper, corrida, pedalada, dança, natação, em fim, atividades com alto ritmo de movimentos.
É igualmente importante uma rotina de treinos localizados, por exemplo, abdominais, e pular corda, sempre com muito cuidado para não lesionar a dorsal, esses enrijecem a musculatura da barriga e de maneira paulatina torna os famosos gominhos aparentes. É importante ressaltar que antes de qualquer atividade física precisamos visitar o médico e ver nossas reais condições para a realização da mesma.

Descanso

Talvez essa seja a parte em que as pessoas mais pecam, as vezes por desinformação outras vezes subestima o papel desse estágio. É durante o descanso que tudo em nosso corpo se reorganiza, desde as ideias e os conhecimentos adquiridos até a restauração das lesões físicas diárias, para que isso ocorra de forma aceitável precisamos dormir mo mínimo oito horas por dia e evitar pernoites em claro. Além de muito mais energia e animo para se alimentar corretamente e executar as atividades físicas, o sono evita que você coma, isso mesmo pesquisas apontam que quem dorme pouco consome cerca de 300 calorias a mais todos os dias, quando estamos com sono buscamos energia, e a comida nos trás energia, por conseguinte, comemos.