Exercícios para abdômen

Não estamos satisfeitos com o corpo que temos, por isso e outros motivos procuramos pelos melhores métodos de chegar à eles. Porém, no meio do caminho nos deparamos com algumas ofertas do tipo: “faça tantas sessões e tenha um corpo torneado como sonhou”.

À nós tudo é possível se feito com dedicação e esforço. Fazendo isso não tem  quem diga que é impossível de chegar lá. Por tanto, para que consigam uma melhor forma, iremos mostrar alguns exercícios localizados para abdômen.  Acompanhe e aprenda como se deve fazer.

Exercícios para o Abdômen

 Iremos começar pelo abdominal, que pode estar sendo feito em casa e sem ajuda de nenhum aparelho. E para quem já o conhece deve saber  que ele só deve ser feito quando o nível de gordura da barriga não for existente, caso contrário pode acontecer dela ficar ali, presa.

Atenção:  a dica dada acima vale para qualquer tipo de exercício. Por tanto, nada de exercitar o abdômen tendo gordura localizada em sua região.

Não faça muitos, faça com qualidade.
Série de Abdominais- Foto Reprodução

No caso dos abdominais você pode estar fazendo o básico, seis séries de dez ou de oito. O importante é a qualidade e não a quantidade, do exercício.

Saiba encaixar o exercício com a contratação e a respiração. Fazendo isso irá obter bons resultados ao longo tempo e não pense você que é fácil adquirir uma divisão dessa maneira. É necessário que tenha um bom treino e alimentação, pois vão ser a base para a sua construção.

Além dos abdominais, outra atividade indicada é o aeróbio cardiovascular. Ele vai ajudar na queima de gordura, a acelerar o metabolismo,  bombear melhor o sangue e também  conseguir uma coordenação melhor dos batimentos e respiração, por fim vai auxiliar na concentração muscular.

Atenção: o abdômen é um músculo e deve deixa-lo descansar também.

Não esqueça jamais de trabalhar a respiração.
Crunch com cross (foto:reprodução)

Voltando aos abdominais, tente trabalhar ele com carga, pois assim a musculatura irá se desenvolver melhor. Para vocês podem estar fazendo ele no aparelho de cross e seguindo a modalidade de crunch. 

Lembrete: quando estiver fazendo a modalidade do crunch, trabalhe bem a respiração. No momento em que estiver subindo, libere todo o ar e quando for descer contraia todo o abdômen. Mas não esqueçam de respirar e se possível faça um alongamento após o exercício.

Tennha firmeza ao fazer ele, poios pode ser que machuque seus braços e punhos.
Abdominal na mesa declinada (foto :reprodução)

O próximo exercício pode ser  executado com ajuda da mesa declinada. Nela você encosta até aonde a sua lombar toque na ponta final. Feito isso, segure bem nas barras e levante as pernas. No momento em que estiver levantando as pernas, trave bem a barriga e trabalhe a respiração.

Lembrete: faça somente quinze repetições desse gênero. Ele vai te ajudar a malhar as duas partes do abdômen, inferior e superior e as pernas também. Isso porque as séries com menores repetições, devem ser feitas com mais intensidade.

Se não alcança as barras, peça ajuda ao instrutor.
Abdominal na barra fixa (foto:reprodução)

A terceira opção, vai ser na barra fixa.Ela irá trabalhar a região dos seus braços, pernas e abdômen.  Atenção, seja cauteloso quando faze-la  pois é necessário não ter nenhum sintoma ou vertigem. A final de contas, o indicio da barra é te fazer tirar os pés do chão.

E para executar esse modo é simples. Pendure-se na barra e comece a levantar as pernas. Faça como se estivesse na mesa. Fique tranquilo, pois com o tempo você vai criando estabilidade e vai conseguindo se manter firme durante as séries.

A quarta modalidade vai ser feita com o auxilio da prancha de abdominal lateral. E, como o próprio nome já diz, ele vai trabalhar a região da lateral de toda a musculatura abdominal. E para fazer essa modalidade, faça o seguinte: fique de pé, encostado nela e logo após incline-se à lateral de onde esta encostado elevando sempre o braço contrário.

Verifique se o equipamento não esta machucando o seu pé. Caso, não esteja, veja qual é a melhor maneira de estar iniciando o exercício.
Abdominal Lateral (foto:reprodução)

Nela você pode estar fazendo uma série apenas de doze, de ambos os lados. E quando for fazer, pode ficar tranquilo quanto aos movimentos. Por tanto pode mudar a variação, desde que sinta o abdômen sendo contraído.

Dica: se quiser colocar mais intensidade, coloque cargas. Sim, cargas. Basta, segura-las na mão.

5 alimentos que queimam gordura abdominal

Queima de gordura abdominal

Eliminar aquelas indesejáveis gorduras localizadas na barriga é de interesse à todos. Algumas pessoas passam horas na academia, se esforçam ao máximo e treinam pesado para obter resultados, o problema é que falham com a alimentação. Bom, saiba desde já que, sem alimentação correta, não dá!

A melhor maneira de obter resultados satisfatórios em pouco tempo, é eliminando de vez o açúcar (pelo menos por um tempo) e os carboidratos refinados. Dessa maneira, é possível que seu corpo comece a queimar gordura sozinho e consequentemente expresse uma barriga mais lisa e magra.

Embora a maioria das pessoas pense que comer menos pode ajudar (e ajuda), o principal ponto é comer certo. Pular refeições está fora de cogitação e acaba sendo um atraso no  processo de emagrecimento ou secagem. Por isso, o segredo é comer certo e escolher os alimentos que realmente lhe beneficiam.

Alimentação

Conheça agora 5 deles que podem lhe ajudar diretamente na queima de gordura abdominal.

Aveia – A aveia é perfeita para ser ingerida no café da manhã, isso porque ela ajuda a acelerar o metabolismo, melhora o condicionamento físico e possibilita baixos níveis de açúcar no sangue, fazendo com que o modo “queima de gordura” seja ativado, lhe dando energia para todo o dia.

Mirtilos – Uma pesquisa comprovou que quando você tem uma dieta rica em mirtilos, acaba por secar a barriga de maneira mais rápida.

Para queimar gordura abdominal você precisa ter uma alimentação saudável e que possua os alimentos certos
Queimar gordura abdominal (Foto: Reprodução)

Amêndoas – Amêndoas é uma gordura vegetal extremamente importante na dieta de quem deseja perder gordura localizada, principalmente na região abdominal. Além disso, por possuírem boas fontes de gorduras vegetais ajudam a manter o corpo saciado por mais tempo. 

Salmão – Todo tipo de peixe é excelente, mas o salmão é especial. Quando combinado com vegetais verdes e leguminosas, pode ser um ativador da queima de gordura. Enchendo seus depósitos de energia e ainda possibilitando reforço na saúde do corpo de forma geral.

Vegetais verdes – Todos os vegetais verdes intensificam a queima de gordura na região abdominal. Uma dica rica nesses alimentos permitirão que você fique mais saudável e magro. Eles contém poucas calorias e grandes quantidades de fibras, fazendo com que emagreça sem perder a saúde.

Escolher os alimentos é essencial na hora de acompanhar uma dieta especial para queima de gordura localizada. Por isso, se puder, tenha acompanhamento de um nutricionista e peça orientações para melhor seguir o caminho do emagrecimento, sem perder a saúde que é o mais importante.