Acesse Saúde » Alimentação e Suplementos » Como reduzir a compulsão alimentar?

Como reduzir a compulsão alimentar?

Comer é sem dúvidas uma das coisas mais prazerosas da vida, contudo, existem pessoas que desenvolvem problemas e até doenças devido a compulsão por comida. Entenda mais sobre esse assunto aqui no Acesso Saúde!

Compulsão alimentar

A compulsão alimentar é um problema muito conhecido entre os famosos “gordinhos”. A necessidade de se alimentar, ainda que não esteja com vontade, causa  diversos fatores relacionados a saúde. Como o cansaço repentino e os problemas psicológicos.

Antes de mais nada, é necessário entender que a doença não é apenas um problema físico, mas mental. Ela está ligada ao nosso cérebro, geralmente ocorre em pessoas que gostam muito de comer. Essas tendem a jamais permanecer em uma dieta e ainda se sentirem extremamente insatisfeitas com o próprio corpo.

Muitas pessoas tem compulsão alimentar, mas nunca identificaram o problema. É importante ressaltar que ela pode estar ligada há várias formas de pensamento. Sim, o cérebro é o principal responsável pela maneira como você come, principalmente se essa é compulsiva.

É por isso que para suavizar, reduzir ou eliminar o problema, indicamos que procure um profissional na área da psicologia. Ele poderá localizar os pontos onde há o verdadeiro problema e ajudá-lo a solucionar. Mas o assunto é constrangedor, escolha alguém que não tem vínculos com você.

O segundo passo é ser rígido. Não adianta investir pesado em seu relacionamento com a comida em partes. Para ter resultados satisfatórios será extremamente necessário que parta de você o interesse por solucionar o seu caso, lute contra, você pode com toda certeza.

A compulsão alimentar é uma doença.

Compulsão alimentar (foto: reprodução)

Sintomas

  • Episódios de ingestão exagerada de alimentos
  • Comer mesmo sem ter fome
  • Dietas freqüentes
  • Flutuação do peso
  • Humor deprimido
  • Comer em segredo
  • Ganho de peso

Problemas causadas pela compulsão

  • Obesidade
  • Infarto
  • Pressão alta
  • Aumento do colesterol
  • Problemas osteomusculares e articulares
  • Depressão

O primeiro passo é entender que o problema é emocional, para solucioná-lo e ser alguém feliz precisa ser forte e entender que ninguém mais tem o poder de mudar isso. Evite automedicação e procure um médico o quanto antes, invista na sua saúde, faça atividades físicas, esqueças dietas mirabolantes e promova ciclos saudáveis de amizade.

Nenhuma das informações aqui expressas podem anular a consulta com um médico. Somente um especialista tem o poder de lhe indicar as devidas orientações para impedir que ocorra o agravamento do problema. Conscientização com o auxílio médico são o tratamento mais adequado.

Cuide da sua saúde e do seu corpo, seja uma pessoa mais feliz!

Outras Dicas

      

Mais informações por E-mail


Comentários para: Como reduzir a compulsão alimentar?