Acesse Saúde » Musculação » Como ganhar massa muscular naturalmente

Como ganhar massa muscular naturalmente

Ganhar massa muscular de maneira natural é algo que envolve extrema dedicação, onde devemos encarar a musculação como um estilo devida e alterar muitos de nossos hábitos. Veja como Aumentar ou Ganhar massa muscular.

Vivemos em uma sociedade cercada por padrões estéticos, mesmo que nosso mundo seja marcado pela diversidade e pluralidade. Entre esses esteriótipos de beleza está o corpo definido que vem cada vez mais se tornando um valor atual levando uma grande quantidade de pessoas a uma busca eterna por uma efemeridade. Nesses contexto, aconselho a você tentar ser mais críticos com o modismo pregado pela mídia e não subjugar sua essência em detrimento da aparência.

Depois dessa rápida reflexão sobre o tema, podemos adentrar com uma maior propriedade dentro do mesmo: como ganhar massa muscular naturalmente.

Basearemos nossas investigações sobre a construção da musculatura em três pilares básicos, Alimentação, treino e descanso, é claro, tenha sempre a consciência que o ganho muscular requer dedicação, motivação e paciência, já que é um processo paulatino, muito influenciado também pela genética de cada indivíduo.

Alimentação

Se você frequenta a academia já deve ter ouvido o preceito de todo o marombeiro, “ perca um treino, mas jamais perca uma refeição”, realmente essa frase é pertinente e não segui-la talvez seja o maior motivo para o seu baixo ganho. Isso ocorre porque para conseguir o aumento de volume precisamos fornecer a matéria prima correta e nos momentos corretos para a fomentação das fibras musculares, é manter o que chamamos de estado anabólico.

Alimentos para ganho de massa muscular

Os nutricionistas esportivos em sua maioria concordam que devemos nos alimentar de 3 em 3 horas, isso é duplamente importante, primeiro por evitar a compulsividade, segundo, nossos músculos é formado em sua maioria por proteínas, e quando passamos um longo tempo em jejum, essa reserva proteica é acessada causando o catabolismo, tudo o que nos não queremos. Outro fator que também merece destaque é o aumento de gordura, passando por maiores períodos sem comer nosso corpo sente necessidade de conservar energia para as suas necessidades e essa aglutinação gera adiposidade.

Sabemos então os horários e porque não burlá-los, agora vamos descobrir qual o cardápio ideal para o nosso intento. Como já foi dito as proteínas são essenciais para a nossa musculatura, por serem de rápida absorção exige mais mais gastos energéticos para serem metabolizadas promovendo também a diminuição da gordura, por isso devemos ter uma dieta farta de alimentos como peixe, clara de ovo, carne vermelha, frango, leite, queijo, sem pele e frutos do mar, que além de trazer o nosso construtor, carrega também um compendio de nutrientes importantes para o bom funcionamento orgânico.

Os carboidratos complexos ou polissarídeos, esses são as principais fontes de energia para nosso corpo, os principais alimentos onde são encontrados são batata-doce, cereais, arroz integral, massas, vegetais feculentos, legumes entre outros. Os complexos demoram mais para serem digeridos do que que os carboidratos simples, não aumentando assim em demasiada as taxas de glicogênio.

Tente evitar ao máximo as guloseimas e a consumo de gorduras trans e saturadas, mas isso não significa eliminar totalmente esse tipo de componente da alimentação, pois elas são necessárias na síntese de vários moléculas, produção hormonal entre outras coisas. Uma alternativa é investir nas gorduras insaturadas, por exemplo o azeite de oliva, essas além de tudo combatem o mal colesterol, causador de grandes problemas atualmente.

Treino

O treino é uma questão muito relativa, convencionalmente dizemos que a melhor forma de ganhar massa é executando repetições menores e mais intensas em cada série, é claro com carga considerável. Mas ai surge uma série de trenamentos como Drop set, treino pré exaustão, piramide, piramide inversa, treino circuito e por ai vai, isso nos deixa meio perdidos em estabelecer qual deles seja o melhor.

treinando-biceps

O importante são as variações, não podemos permanecer em apenas uma rotina na academia, pois assim estaremos estagnando os estímulos que logo não surtirão mais os efeitos de outrora, por conseguinte varie seu treinamento. Escolher o que será o melhor é necessário compreender a foco de cada programa, então pesquise e fale com seu instrutor ou personal treiner, fontes importantes de informação.

Descanso

Embora encarada muitas vezes com despretensão pelos praticantes de musculação ou de outros esportes, descansar é de extrema importância para os resultados. Enquanto dormimos ocorre alterações em todas as nossas funções biológicas, nossa mente organiza as informações obtidas no estado de vigília e todo nosso corpo trabalha em prol da restauração. Quando malhamos rompemos as fibras musculares, estão serão construídas com mais solidez e volume durante o sono, para que isso aconteça de forma satisfatória devemos dormir no mínimo 8 horas diárias.

Um bom sonho, ajuda no aumento de massa muscular

Outro grande erro dos marombeiros é não dar o descanso necessário para os grupos musculares, alguns ainda acreditam que quanto mais melhor, e não é assim, não podemos malhar o mesmo músculos todos os dias, tão pouco exceder no número de aparelhos por treino, tudo isso ira sobrecarregá-lo podendo levar inclusive ao estado de fermentação lática e consequente, estado catabólico.

Outras Dicas

      

Mais informações por E-mail


Comentários para: Como ganhar massa muscular naturalmente